Você é comprometido ou envolvido?

Numa fazenda a discussão estava pegando fogo.

De um lado as galinhas com suas dificuldades e do outro os porcos com suas idéias.

As reuniões se arrastavam há tempo… era conversa e mais conversa e nada de ação.

Ambos queriam preparar uma festa de aniversário para o fazendeiro, mas não chegavam a um consenso.

As galinhas defendiam:

– Gente… cócódé, não adianta se incomodar tanto ! Vamos fazer qualquer coisa e deu pra bola.

Os porcos propunham:

– Óinc óinc, temos de fazer a melhor festa pra ele, temos de surpreender.

– Cócódé, mas vai ser muito complicado, e pra quê fazer a melhor festa se o fazendeiro nem é tão bom pra nós.

Quando ele for melhor conosco, aí faremos algo diferente.

– Óinc óinc, se queremos que ele mude, façamos nós antes.

Nós é que precisamos dele.

– Cócódé, tá complicado nos entendermos.

Vocês querem as coisas mais difíceis, tem de ser mais prático.

Sugiro começarmos a definir as coisas com menos polêmica.

Vamos definir o cardápio.

Todos então concordam.

Então a galinha propõe:

– Vamos fazer ovos com bacon.

Agora eu pergunto, quem está envolvido e quem está comprometido ?

Nas empresas, na sociedade, em tudo, há esses dois grupos.

Os envolvidos e os comprometidos.

Parece ser a mesma coisa, mas não é.

Envolvimento é ato de envolver.

Envolver deriva do latin envolvere que seria o mesmo que cobrir, enrolar ou misturar.

Comprometimento é ato de comprometer-se ou assumir um compromisso.

Comprometer deriva do latin compromittere e compromisso deriva do latin compromissu ambas remete ao sentido de assumir uma obrigação ou promessa firmada com outra parte.

Exemplificando para o ambiente de trabalho:

A pessoas envolvidas fazem parte do grupo e trabalham pelos seus objetivos.

Para os comprometidos, o grupo faz parte dele e trabalha com os objetivos coletivos.

Os envolvidos apontam os sintomas e muitas vezes fazem parte do problema.

E quando resolvem, o fazem da forma mais prática.

O comprometidos compram problemas e resolvem da melhor forma.

Os envolvidos assumem somente as responsabilidades da sua função e quando é repassado mais funções reclamam que estão sendo explorados e não têm interesse, pois não fecha com seu objetivo pessoal.

Os comprometidos assumem as responsabilidades necessárias para atingir os objetivos coletivo e quando é repassado mais funções vêem como ótima oportunidade de aprenderem mais.

O envolvido sempre quer ser reconhecido pelo que faz.

O comprometido sempre reconhece quem faz.

Para os envolvidos sempre há problemas e dificuldades. Para os comprometidos, sempre há soluções e energia.

O envolvido toma espaço.

O comprometido constrói o seu espaço.

A relação com um evolvido é de curto prazo.

Enquanto o comprometido consegue-se manter uma relação de longo prazo.

Quer matar uma empresa aos poucos?

Retenha funcionários, clientes e fornecedores que você não consiga manter relação de longo prazo.

Ou seja, mantenha envolvidos contigo que será o seu suicídio.

O porco olha com serenidade para as galinhas e fala com segurança:

– Óinc óinc. Se esta for a melhor solução, eu darei o meu coro, pois eu sou comprometido.

E você… é comprometido com as outras pessoas, com o que faz, com sua família, com seu trabalho, com a alegria dos que estão próximos de você.

Ou você é só mais uma galinha no poleiro ?

Deixe uma resposta