como aparecer na primeira pagina do google sem pagar

Quer aparecer na primeira página do Google?

A resposta é extremamente simples: faça com que seu site seja o melhor resultado para aquela determinada busca.

Apesar do conceito ser simples, a sua aplicação estratégica e prática é complexa, depende de um site bem programado, otimizado, com conteúdo de qualidade em um processo frequente de manutenção, com vários links de redirecionamento e com um razoável número de visitantes na comparação com os concorrentes do mesmo setor.

Para aparecer na primeira página do Google não há uma receita de bolo ou um “milagre” em termos de programação.

Por mais que a linha mestra de raciocínio seja a mesma para todos os sites, a estratégia para cada um pode ser diferente.

Conheça agora as principais etapas do processo:

1. Um site bem programado:

Para o Google tanto faz se o seu site é bonito ou feio.

Quem se importa com isso é o seu internauta, não os robôs dos sistemas de busca.

Um site bem programado tem o código conciso, imagens formatadas no tamanho correto, com CSS bem aplicado e não possui links quebrados.

Um site bem planejado considera todas as possibilidades de ferramentas que possam auxiliar o processo de SEO.

2. Conteúdo de Qualidade e Manutenção Frequente:

Um site precisa ter conteúdo de qualidade.

A ideia central de ter uma página na internet é disponibilizar mais dados e informações sobre produtos e serviços, tirar dúvidas, dar dicas e suporte aos clientes, criar experiências de marca e assim auxiliar as pessoas a formarem opiniões e tomarem decisões acerca do que você estiver oferecendo.

Para conquistar a primeira página do Google o conteúdo precisa ter qualidade e ter manutenção frequente para que seu cliente permaneça mais tempo navegando em seu site e que retorne frequentemente em busca de novidades.

3. Otimizado:

Otimização significa preparar o seu site para ser encontrado pelos buscadores.

Esse é o trabalho do SEO (Search Engine Optimization).

Dentre as ações de SEO para um site, destacam-se: definições de palavras-chave, descrições de páginas e nomenclaturas de títulos, desenvolvimento de sitemaps, reescrita de URLs, identificação de imagens, reestruturação de links e sublinks, organização de priogenia e controle de densidades de palavras-chave.

Este é um dos principais itens para aparecer na primeira página do Google sem pagar.

4. Links de redirecionamento:

Quanto mais links estiverem indicando e redirecionando visitas para o seu site, melhor.

Com conteúdo de qualidade muitas empresas vão lhe procurar para vender anúncios e trocar banners (o que pode ser visto como um inconveniente, mas é como se negocia propaganda na internet).

Por outro lado, pessoas podem postar e comentar sua marca em blogs e outros sites.

Incentive essa prática e monitore tudo o que está acontecendo através de ferramentas de análise, como o Google Analytics.

5. Visitantes:

O número de visitas é um dos fatores chave para a classificação de um site.

Seguindo os passos anteriores naturalmente o número de internautas navegando dentro do seu site tende a aumentar, mas não na velocidade que você gostaria que acontecesse.

A vantagem é que existem inúmeras estratégias para acelerar esse processo por meio de anúncios na internet (pagos ou não).

Assim, canalize visitantes anunciando através de links patrocinados, catálogos empresariais on line, fazendo banners em portais e até mesmo pagando para que um blogueiro fale bem
(ou mal) da sua marca na internet.

o que é especialista em seo

O que é Especialista em SEO ?
( SEO = Search Engine Optimization / Otimização em mecanismos de buscas na web/internet )

O Especialista em SEO é um Analista responsável por otimizar páginas de sites para que fiquem o melhor possível posicionadas nos mecanismos de busca como o Google, Yahoo, Bing…

A busca orgânica, gratuita, é o foco deste Especialista em SEO, e para ter bons resultados o processo será de médio à longo prazo.

Tarefas do Especialista em SEO

É fundamental que o profissional em SEO saiba:

Fatores ON Page – Analisar o código do site, html, urls, navegação e usabilidade. Avaliar o conteúdo do site para que seja muito bem compreendido pelos motores de busca.
Fatores OFF Page – Seria o externo do site, como criar backlinks para o seu site. Conseguir o máximo de sites com o mesmo assunto que o seu, que irá indicá-lo por seu conteúdo ser de boa qualidade.
Criação de Conteúdo – Criar conteúdos para os clientes não somente para os buscadores. Criar uma interação das pessoas com a matéria, criando uma expectativa de comentar e discutir sobre o tema proposto.
Treinar Equipes – Passar seu conhecimento e propósito para a Equipe, mostrando a Importância do SEO para um bom posicionamento e o que poderá mudar futuramente quando o site estiver bem posicionado e visto pelos motores de busca.

Ensinar todo tipo de ferramenta necessário que possam ser utilizadas para ter noção e visão de como será feito o rankeamento do site.

Requisitos para um Especialista em SEO

Os requisitos não são oficiais do profissional, mas são considerados essenciais para o profissional em SEO.

  • Conhecer os mecanismos de busca
  • Noção de códigos (html, css, php…)
  • Saber pesquisar e entender qual a melhor palavra chave e estratégia para o site.
  • Atualmente saber utilizar as Redes Sociais para desenvolvimento de estratégias para ajuda no SEO.
  • Saber técnicas de SEO.
  • Desenvolver estratégias de posicionamento.
  • Utilizar ferramentas para análise de desenvolvimento e resultados.
  • Conhecimento em xml.

Diferenciais do Especialista em SEO

  • Usabilidade
  • Inglês
  • Programação
  • Google Analytics
  • Marketing e Propaganda.
  • Experiência

Se existir alguma dúvida ou pergunta sobre o profissional Especialista em SEO, deixe um comentário.

Criando uma página em html5 e css3 para um site otimizado por alexandre goya

Olá, sou Alexandre Goya, Consultor e Programador Webmaster, Especialista em SEO (Otimização de Sites) e SEM (Gerenciamento de Campanhas em mídias digitais como o Google),
Certificado Google Adwords Partners, Desenvolvo Sites Responsivos em HTML5 e CSS3, e implanto Blogs em WordPress, e Loja Virtual para E-commerce (Woocommerce e Interspire).

Se precisar vender seu produto ou serviço, e quiser ter ou reformular e otimizar seu site, me procure !

Saiba mais em: http://www.alexandregoya.com.br/

Nesta postagem, irei criar o esboço de uma página utilizando HTML5 e CSS3 para um SITE OTIMIZADO.

Primeiramente, vamos abrir o NOTEPAD (BLOCO de NOTAS) e salvar o arquivo como index.html utilizando codificação UTF-8.

Não esqueça de salvar este arquivo em uma nova pasta, com o nome do projeto o qual quer desenvolver, no meu caso, salvei a pasta como “SITE”.

Abra o arquivo “index.html” com o bloco de notas, e escreva o seguinte código:

<!doctype html>
<html lang=”pt-br”>
<head>
<meta charset=”utf-8″>

<title>título do seu site com no máximo 70 carácteres</title>

<meta name=”description” content=”descrição do que se fala em seu site, produtos, serviços, etc… com no máximo 160 caracteres” />

<meta name=”keywords” content=”palavra chave 1, palavra chave 2, palavra chave 3, até 10 palavras chave com no máximo 150 caracteres” />

</head>

<body>

<div>
<header>
<h1>Título do topo do site</h1>
<img src=”imagem-do-topo-do-site.jpg”
alt=”imagem do topo do site” />
<h2>Título secundário do topo do site</h2>
<nav>
<a href=”#”>Menu Principal do Site</a>
</nav>
</header>
</div>

<hr>

<div>
<section>
<div>
Conteúdo Principal do Site
</div>
</section>
</div>

<hr>

<div>
<aside>

<div>
Conteúdo Secundário do Site
</div>

<div>
<article>
Páginas, Postagens ou Artigos no Site
</article>
</div>

</aside>
</div>

<hr>

<div>
<footer>
<div>
Rodapé do Site
</div>
</footer>
</div>

</body>

</html>

Explicando o código acima:

O que definirá que sua página está sendo escrita em HTML5 é o <!doctype html>que posteriormente declara <html lang=”pt-br”> que significa que é um arquivo html com linguagem local para Português Brasileiro.

Dentro da <head> </head> é onde inserimos a parte inteligente e mais importante da programação do site, pois é nela que será inseridas as informações as quais os robôs de busca iram procurar para analisar posteriormente o conteúdo e a relatividade e relevância da pagina para resultar ao usuário de pesquisa.

A parte inteligente que será inserida mencionada acima são as TAGS
de título, descrição, e palavras chave para busca, e note que existe uma quantidade máxima de caracteres a serem inseridos em cada uma.

Logo abaixo, temos o corpo do site, dentro de <body> </body> será onde iremos inserir todo conteúdo do site,…

Temos algumas tags que nos ajudam a separar e dividir o site, são elas:
<header></header> que é sempre a cabeça do site;
<nav></nav> utilizado para informar que nele será montado o menu principal do site;
<section></section> que é onde inserimos o conteúdo principal do site dividindo-o por seções;
<aside><aside> muito utilizado para inserir conteúdos secundários relevantes ao conteúdo principal do site;
<article><article> utilizado para inserir conteúdos do tipo artigos, paginas ou postagens de blog interno ou externo;
<footer></footer> usado para informar que estamos fechando o rodapé da página;

Existem outras tags, como:
<p></p> para parágrafos;
<br> para quebrar linhas;
<ol></ol> listas ordenadas;
<ul></ul> listas não ordenadas;
<li></li> linha da lista;
<strong><strong> para evidenciar como um negrito <b></b>;
<em></em> enfatização como o itálico <i></i>;

Entre outros,…

Para ganhar a primeira página do Google

Aparecer na principal página do Google entre os dez primeiros colocados e logo abaixo dos anúncios é o desejo de todos, especialmente de quem está ali para vender ou oferecer algum tipo de serviço. A exposição e agilidade na busca também são importantes para o consumidor. Mas para ficar bem na tela é necessário cumprir uma série de regras exigidas pelo buscador líder da Web e cujos algoritmos estão ficando mais rígidos.

Em maio, foram anunciadas atualizações importantes nessas ferramentas de posicionamento de sites, priorizando conteúdos mais relevantes e renegando a manipulação de palavras-chave que tentam enganar não só o Google mas também o internauta.

A verdade é que o robô do buscador está mais inteligente e aperfeiçoado para detectar quem está enganando e manipulando resultados. Os macetes antigos funcionam cada vez menos, alertam os especialistas. O Google usa mais de 200 variáveis em seu algoritmo para posicionar um site, e isso inclui palavras-chave, links que apontam para essa página, a qualidade dos links, arquitetura da informação, entre outros.

Uma das mudanças anunciadas pelo chefe da equipe de qualidade de buscas da empresa, Matt Cutts, foi a atualização da ferramenta Panda (4.0), responsável por classificar os sites com base nos conteúdos. Com a nova versão, o Google quer eliminar do ranking Top 10 sites ou blogs de pouco interesse e de baixa qualidade e privilegiar aqueles com informações úteis, evitando spam, links duplicados e manipulação de resultados.

A primeira versão do Panda foi lançada em 2011, e já naquele ano muitas empresas foram penalizadas e despencaram no ranking, afirma Bruno Nardon, diretor de Marketing da Kanui, e-commerce de artigos esportivos. A Kanui está entre as primeiras posições porque atende às novas exigências e adota práticas de otimização de buscas como o SEO (SearchEngineOptimization).

Queda do ebay

Segundo Raphael Simoni, analista de SEO da Conversion, com 30 clientes no País, o Google está aperfeiçoando a busca orgânica, aquela cujos resultados são relevantes sobre o produto desejado e não só preço ou características. Isso inclui conteúdos editoriais sobre a empresa, mercadoria ou serviço, textos adicionais, algumas informações que enriqueçam a experiência do usuário, como a criação de aplicativos relacionado ao site ou ao artigo vendido, páginas com fotos e descritivos fáceis de serem encontrados, comparações.

Simoni cita o exemplo de uma marca de chuteira que pode agregar conteúdo dizendo que é a mesma usada pelo jogador Neymar ou oferecer outros modelos similares. Mas se a loja usar a palavra “chuteira” no rodapé, nas imagens e no menu do site e de forma abusiva, corre o risco de ser punida, pois o Panda 4.0 pode entender que não se trata de conteúdo natural em benefício do consumidor, mas manipulação da empresa para aparecer em primeiro lugar. Estudos de comportamento de internautas informam que 73% deles preferem clicar num resultado de busca orgânica do que em links patrocinados.

O analista de SEO da Conversion lembra que uma das principais vítimas do Panda 4.0 foi o gigante de e-commerce eBay (em sua versão em inglês), que, historicamente, representava 1% dos Top 10 do Google, ou seja, estava em todas as pesquisas que aparecem nos 10 primeiros lugares. E isso não é pouco. Pois, com o algoritmo novo esse posicionamento foi prejudicado e teve uma queda de 70% nas buscas por palavras-chave que levam ao site do eBay. “O principal motivo para esse desempenho foi o excesso de conexões (ou “linkagens” ) internas de palavras-chave relacionadas aos itens vendidos ali, uma forma encontrada pelo eBay de posicionar milhares dessas palavras mas sem beneficiar o usuário. “O Google considera que houve uma tendência manipulativa com essa tática, uma espécie de spam”, avalia Simoni. Mas esse posicionamento tende a ser temporário, à medida que a empresa conseguir adaptar seu portal às novas estratégias.

Conteúdo relevante

Segundo e-mail da assessoria de imprensa do Google, que não dá entrevistas sobre o assunto, “o Panda 4.0, afeta diversos idiomas e em diferentes graus. E, em inglês, por exemplo, o impacto é de aproximadamente 7,5% das consultas”. A empresa oferece a webmasters e às empresas ajuda e aconselhamento gratuito sobre as melhores práticas no seu site http://www.google.com/webmasters/.

Nardon, da Kanui, observa que investir em SEO, “um canal de marketing digital de custo relativamente baixo, é de extrema importância, principalmente em sites de vendas, pois garante uma ótima visibilidade e um tráfego qualificado”. Além disso, os consultores de SEO são especialistas no assunto e estão mais familiarizados com os algoritmos e robôs de buscadores como o Google, Bing e Yahoo! Mas, os resultados costumam aparecer no longo prazo, com flutuações de ranking semanais.

Uma das razões para o e-commerce Caçula de Pneus estar entre os 10 primeiros colocados no buscador é o uso adequado desses mecanismos de otimização cujos serviços auxiliam o consumidor na hora de trocar a peça do carro.

A loja virtual representa 40% do faturamento da empresa (que tem 30 unidades físicas em São Paulo), e além da venda de pneus foi criado um aplicativo para iPhone com funções para pesquisar preços, calibragem, agenda da troca de óleo, lojas mais próximas e dados de consumo de combustível. “Utilizamos palavras relacionadas ao nosso negócio (pneus, aro, calibragem) e geramos conteúdos relevantes, e é isso que o Google estimula, precisamos ser semânticos e orgânicos nas buscas e respostas”, diz Renato Roschel, diretor de e-commerce da Caçula.

Outra atualização importante foi a da ferramenta PaydayLoan 2.0, com foco específico em sites oferecendo empréstimos/crédito. Segundo Matt Cutts, havia muitas reclamações dos usuários (especialmente na Inglaterra) para buscas com essas duas palavras (o termo paydayloan refere-se a empréstimos ou adiantamento de parte do salário para a quitação de dívidas).

As pesquisas induziam o internauta (que queria fazer um empréstimo) a clicar em URLs duvidosas, trazendo resultados irrelevantes e spam. “Alguns links dessa categoria, mesmo no Brasil, não têm nem telefone, endereço ou material institucional da empresa que está oferecendo o empréstimo”, diz Simoni, da Conversion. As empresas sérias relacionadas a esse assunto precisarão aperfeiçoar seus sites, as outras, com atitudes enganosas, devem ser punidas pelo buscador, afirmam os analistas. Existem diferentes graus de punição, desde aquelas que impedem os sites de aparecerem na primeira página até as mais severas com a desindexação no ranking (eles somem do buscador).

Fonte: http://www.dcomercio.com.br/2014/06/30/para-ganhar-a-primeira-pagina-do-google

Blogger ou WordPress ? Qual utilizar ?

Esse post está direcionado para quem quer criar um blog, mas não sabe qual utilizar, Blogger ou WordPress?

BlogSpot x WordPress
BlogSpot x WordPress

BLOGGER (BLOGSPOT)

Primeiramente, para quem não sabe o blogspot é a mesma coisa que blogger.

Vantagens:

– Fácil para mexer;
– Vários recursos disponibilizados no próprio ambiente blogger de maneira gratuita;
– Facilmente pode ser modificado o template do blog, através do próprio ambiente blogger;
– Diversos templates gratuitos espalhados pela internet;
– Fácil de achar desenvolvedores de templates exclusivos e com baixo custo.

Desvantagens:

– Maior chance de ficar fora do ar;
– Estatísticas do blogger são bem simples, podendo até mesmo estarem fora da realidade;
– Não é tão profissional quanto o WordPress.

WORDPRESS

Vantagens:

– A versão paga possui ferramentas profissionais;
– Menor chance de ficar fora do ar;
– Estatísticas do próprio WordPress são mais elaboradas que as do blogger;

Desvantagens:

– O WordPress gratuito não possui muitos recursos (já o pago, muito mais que o blogger);
– Desenvolvedores de templates cobram um alto custo e são difíceis de achar;

plataforma

Agora explicando de forma corrida e quem sabe, mais esclarecedora:

Com relação as estatísticas do blogger, isso pode até ser consertado se a pessoa colocar um medidor de estatísticas mais específico. Eu disse que as estatísticas do blogger em si não são tão confiáveis porque, muitas vezes, uma mesma pessoa entra no blog várias vezes ao dia, e o blogger conta como mais uma visita única. Por exemplo, se o próprio blogueiro ficar atualizando o seu blog por mais de 100 vezes, o contador irá contar as 100 vezes que ele atualizou a página como visita. Injusto não?!

Agora, o WordPress… o WordPress pode ser maravilhoso, mas quando é PAGO! Quando ele é pago, tem uma gama de recursos para serem utilizados. Porém, mesmo assim, para achar templates personalizados é bem difícil. Você até encontra grátis alguns, mas são poucos os que agradam. Você pode comprar, mas acredite, você vai precisar de um cartão internacional para isso. A maioria dos templates que você encontra para vender do WordPress, são vendidos em sites estrangeiros. E quando você finalmente achar um desenvolvedor brasileiro, para fazer um template exclusivo, ele te cobrará por este serviço no mínimo uns R$ 600,00. Muito diferente do que a gente compra geralmente por um template personalizado do blogger né? Para blogger nós encontramos por aí, por R$ 50,00 em média. Isso porque a linguagem que rege o wordpress é o PHP e não o HTML como no blogger.

Eu particularmente, escolheria o WordPress por ser mais profissional e por eu ter me encantado pelas estatísticas dele. Dá para ver onde os leitores clicam, que maravilha não? Para quem trabalha com banners e links, é ótimo! Comprei a versão paga um tempinho atrás, só para testar como era e é bem melhor! Bom, uma coisa que eu aviso, você precisa ter cartão internacional. Porque quando você compra o pago, o seu blog .wordpress.com, continuará existindo, o que acontece é que você criará um blog do zero e terá que passar seus posts, comentários, tags, para o outro .COM (pago). E para fazer o redirecionamento automático, do seu antigo para o novo .com, você precisará comprar esse tal redirecionamento. Então, tenha um cartão internacional! Ou se você puder, comece logo pelo .COM (pago).

Uma coisinha que também é bem chata no wordpress é que alguns widgets que encontramos por aí, não funcionam no wordpress, só no blogger.

Widgets para quem não sabe são por exemplo: as caixinhas de link-me, instagram, etc.

Mas, no wordpress pago, a maioria é disponibilizado no próprio ambiente wordpress. Sem precisar procurar muito pela internet.

O painel do wordpress é sim, um pouquinho mais complicado que o blogger. Mas não é um bicho de sete cabeças meninas. É só colocá-lo em português (para quem não entende inglês) e pronto. Além disso, tem vários vídeos no youtube ensinando a mexer no wordpress. É só ter um pouquinho de força de vontade que rapidinho você já se sente em casa.

plataforma3

Conclusão: Se você quer ter um blog profissional, eu recomendo que escolha o wordpress. Tanto que você pode até pesquisar, a maioria das blogueiras famosas, tem o blog delas em qual plataforma? WordPress. Se puder ter o wordpress pago, melhor ainda. Tenha cartão internacional para facilitar sua vida.

Consultoria web ou consultoria em internet, o que é isso?

Consultoria é a atividade profissional de diagnóstico e formulação de soluções acerca de um assunto ou especialidade. O profissional desta área é chamado de Consultor.

Consultoria Web
Consultoria Web

A consultoria web, como toda consultoria, consiste em contratar um serviço especializado que deve ser feito por um profissional que detenha o conhecimento necessário para sanar quaisquer dúvidas sobre o assunto em questão ou seja o ambiente online, a internet.

O profissional de consultoria web ou consultoria em internet deve gostar muito de novas tecnologias, estar sempre lendo e adquirindo conhecimento. Por se tratar de uma área muito dinâmica ele deve estar constantemente se atualizando.

Os serviços prestados vão desde orientação quanto à forma e necessidade de colocar sua empresa na internet, passando por orientações sobre as melhores ferramentas tais como CMS´s para o segmento que se pretende atuar, por exemplo, site institucional ou e-comerce. Acompanhamento e ou realização do processo de desenvolvimento do site, escolha do melhor serviço de hospedagem, otimização do site para os motores de busca SEO e ainda caso tenha conhecimento, este profissional poderá também desenvolver toda campanha de marketing digital, atingindo os resultados e metas pré estabelecidos com o cliente.

Ele pode também desenvolver um trabalho de acompanhamento contínuo, gerando conteúdo relevante para o blog do site, que estará ajudando a divulgar e classificar melhor seu site perante os motores de busca.

Está ao alcance dele divulgar e manter conteúdo também nas redes sociais, locais onde se encontram grandes concentrações de possíveis clientes e um excelente mercado ainda pouco explorado.

E ai, está claro agora o que significa consultoria web?

Caso queira um orçamento clique em consultoria web

Comente ou deixe sua pergunta e até a próxima.

Consultoria de seo e sem o que é ? e como funciona ?

Consultoria de SEO e SEM, o que é e como funciona uma consultoria de SEO e SEM para negócios, empresas, profissionais e venda de produtos na internet

Uma consultoria de SEO e SEM deve ser feita por um profissional qualificado, o conhecimento de um profissional ou analista de SEO e SEM é único, e funciona como um norte para o cliente que tenha um negócio, empresa ou produto que deseja qualificar para ter resultados em buscas orgânicas ou em links patrocinados (buscas vindas do Google e seus parceiros).

SEO e SEM
SEO e SEM

Um cliente que deseja contratar uma consultoria de SEO e SEM geralmente apresenta muitas dúvidas, mas a principal delas é de que funciona e como funciona este processo de otimização de seu site, e de que alguma forma gere resultados reais para seu negócio através de visitas orgânicas ou patrocinadas de um público que seja qualificado para seu negócio.
Uma consultoria de SEO e SEM deve esclarecer pontos críticos
Um consultoria de SEO e SEM bem feita por um consultor de SEO e SEM deve antes de tudo esclarecer em pontos críticos como funciona o processo de otimização, qual o tempo médio para qualificação do seu site, qual a meta estabelecida para gerar resultados, em quanto tempo estes resultados irão se tornar reais, quais serão as estratégias que serão utilizadas para gerar o ranking no Google e trazer o seu site ou sites para a primeira página do motor de busca, e outras ações que façam parte do escopo de trabalho da consultoria.

A consultoria de SEO e SEM funciona como orientação ao cliente
A consultoria de SEO e SEM funciona como orientação, e para que o contratante tenha em mente que a otimização do seu site para busca é um processo muitas vezes não simples, e muito trabalhoso, como por exemplo a estratégia de backlinks para angariar os melhores links para seu cliente, utilizar a tecnologia correta, a criação de conteúdo adequado, a utilização das redes sociais de forma otimizada e muitos outros pontos que sejam pertinentes que estejam conectados com metas de curto, médio e longo prazos.

Alguns clientes se tornam obcecados por resultados, não que relatórios não sejam necessários, mas o trabalho do otimizador é extenso e metódico muitas vezes, então o melhor é apresentar relatórios mensais, mas antes mesmo disso, o volume de negócios que o cliente obteve após a otimização e a manutenção do seu(s) site(s) são os melhores indicadores de sucesso de uma consultoria de SEO e SEM, o melhor indicar sempre será os resultados através de telefonemas de clientes, ações de prospectos como formulários preenchidos e negócios fechados devido a otimização.

Após a consultoria inicial o cliente pode fechar com o consultor um contrato semestral que considero adequado para o melhor nível de resultados, e tendo um tempo mínimo para acompanhamento e estabilização do processo, além dos resultados já se mostrarem consistentes.

É isso, espero que tenha esclarecido como funciona uma consultoria de SEO e SEM , se gostou do artigo comente aqui embaixo.

site x fan page qual o melhor para sua empresa

Site x Fanpage qual o melhor para sua empresa?
Site x Fanpage qual o melhor para sua empresa?

Vemos nos dias atuais um boom de movimento nas redes sociais e muitos dos meus clientes me fazem esta pergunta.

O que é melhor ter, um site ou uma Fanpage?

Como consultor, me cabe explicar rapidamente qual a finalidade de cada um.

(O site)

O site de uma empresa tem muitas funções que não são exercidas pela Fanpage.

Dentre elas podemos citar algumas:

O site é bem mais flexível e personalizável para a empresa.

O site permite agregar a ele um blog que gerar um grande tráfego de clientes além de trazer conhecimento para os mesmos e ao mesmo tempo gerar relacionamento e valor a empresa.

O site permite trabalhar de forma personalizada utilizando-se de mecanismos próprios as vendas de serviços e produtos.

Através do site você pode detalhar melhor tanto a filosofia e os valores de sua empresa quanto os produtos e serviços por ela prestados.

Através do site com um domínio próprio você terá um e-mail personalizado, do tipo (seunome@empresa.com.br) desta forma passando mais credibilidade e profissionalismo aos seus clientes.

No site existe a possibilidade de segmentar seu público conforme o interesse em um produto ou serviço específico através do uso de “Landingpages”.

-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x

(Fanpage)

A Fanpage tem a função de criar um vínculo com sua audiência e passar mensagens curtas e rápidas visto que se você colocar em um post um texto muito grande ninguém vai lê-lo.

Assim sendo é interessante colocar uma chamada e direcionar para o seu site onde ele terá acesso ao conteúdo completo do artigo ou post e cabe ao seu seguidor e ou cliente decidir se tal assunto o interessa.

As redes sociais têm cunho realmente social, de entretenimento e distração (bate papo com amigos, jogos dentre outros afazeres) por isso a entrada de uma empresa neste meio deve ser feita de maneira correta para não ser considerada uma invasora.

Esta empresa deve ser o mais discreta possível postando mais informações do que propaganda se possível utilizando a lei de Pareto ou o principio do 80/20 onde 80% seja conteúdo relevante ao seu público e apenas 20% de propagandas.

Assim sendo podemos ver que dentre um e outro o ideal e que tenhamos os dois, pois como percebemos, eles se complementam e desta forma fazem o serviço completo sem deixar dúvidas e objeções as nossas vendas de produtos e serviços.

Espero que tenham gostado deste pequeno post, se gostaram compartilhe com seus amigos.

Ficou com alguma dúvida?

Comente logo a baixo que terei o maior prazer em respondê-lo.

bons motivos para se ter um web site

Para marcar presença.

Hoje no mundo cerca de 2,100 milhões de pessoas acessam à Internet.

Existem poucos negócios que podem ignorar um mercado de tal proporção.

Num futuro bem próximo, ter um endereço de e-mail e um Web Site será como ter um número de telefone e um cartão de visitas, indispensável até mesmo para pequenas empresas.

Proporcionar um meio rápido, eficiente e econômico de mídia para divulgar seus produtos e serviços.

Você poderá listar informações básicas (seu ramo de negócio, endereço, horário de trabalho, condições de pagamento etc…) e também atualizar essas informações rapidamente (promoção temporária, taxas de juros, anúncios de última hora, etc…).

Você poderá também ter um catálogo completo, incluindo fotos coloridas e gráficos, disponíveis à apreciação imediata.

Incrementar os meios de propaganda tradicionais.

Se você ler qualquer uma das melhores revistas nacionais ou os jornais mais famosos, ou mesmo prestar atenção nos anúncios à sua volta, você notará mais e mais a presença dos endereços WWW.

A razão para isso é simples: a WWW permite um grau de comunicação muito mais elevado.

Melhorar o atendimento ao cliente, manter uma linha aberta de comunicação é uma das mais importantes maneiras de servir seus clientes.

Através da Internet você pode enviar informações, dicas para localizar e eliminar problemas, solicitar algum item, enfim, prestar uma assistência muito mais de perto.

Para testar novos produtos e serviços no mercado.

Os custos de propaganda e divulgação de um novo serviço ou produto podem ser enormes.

Muitas vezes devido aos custos de impressão e postagem, as companhias retardam o lançamento de novos produtos até a próxima geração de catálogos.

Na Internet, novos produtos e serviços podem ser lançados instantaneamente;

Atualizar uma página na Internet para incluir um novo item custa apenas uma fração do que seria para imprimir um novo catálogo.

A comunicação vai-e-vem da Internet permite que você receba informação imediata do comportamento de seu mercado.

Ganhar um mercado demográfico altamente desejável.

Os Sites comerciais estão se tornando a principal razão pela qual a maioria das pessoas acessam a Internet.

O dinheiro envolvido é grande.

Estima-se que o comércio na Internet exceda a marca de dois bilhões de dólares por ano e deve dobrar a cada ano.

Para economizar.

Digamos que a sua companhia imprima dez mil cópias de um panfleto, você envia duas mil pelo correio, entrega duas mil para o pessoal de vendas e põe seis mil no depósito para uso futuro.

Durante os próximos meses você desenvolve novos produtos e/ou serviços, ou muda de escritório, ou inclui novos parceiros.

Agora você tem milhares de panfletos desatualizados.

Uma das principais razões pelas quais tantas grandes corporações no mundo correram para a Internet é para tentar conter o custo de impressão e de estoque de impressos.

Para vender.

Obviamente, a venda é a parte mais importante de qualquer negócio – então porque não a colocamos como primeiro item dessa lista ?

Porque um bom negociante terá notado que todos os outros pontos listados complementam para o aumento das vendas.

A Internet é talvez a mais poderosa ferramenta de marketing já concebida, mas é apenas uma ferramenta.

Até mesmo o mais perfeito sistema promocional não pode compensar por um mau produto ou um serviço pobre, um pessoal inapto, ou qualquer das centenas de obstáculos intangíveis que estão no meio do caminho do sucesso das vendas.

Entretanto, com os poderosos instrumentos de comunicação e o enorme mercado disponível na Internet, há muito mais que um simples jogo de azar.

O fato é que os clientes podem encontrá-lo; rever suas informações em seus textos, fotos e até som e vídeo; contatar seu pessoal de venda e fazer um pedido em questão de minutos, 24 horas por dia 7 dias por semana.

Nenhuma outra forma de comunicação de negócios proporciona esse grau de suporte de vendas.

Criação de sites profissionais

6-criacão-de-site-ou-loja-virtualSEU SITE FEITO
POR QUEM ENTENDE DO NEGÓCIO !

MOSTRE A CARA DA SUA EMPRESA NA INTERNET E AUMENTE SUAS VENDAS.

Criação de Sites profissionais dinâmicos, interativos e fáceis de atualizar.

Criamos sites únicos e completos, unindo o que há de mais moderno na tecnologia a métodos eficazes de desenvolvimento e design.

Salvar

fan page no facebook

Quais as vantagens de ter uma Fan Page?

FAN PAGE NO FACEBOOK: UM GRANDE CANAL DE NEGÓCIOS
Uma das principais vantagens de uma Fan Page (Página de Fãs) no Facebook é que você pode (e deve) atualizar com frequência o conteúdo, através de muita interatividade e informação relevante para o seu público-alvo, além de ter a possibilidade de postar fotos, vídeos, áudios e tudo que você desejar publicar através de sua Fan Page no Facebook.

PRINCIPAIS VANTAGENS
– Interage com o público através de informações, aplicativos, games, fotos, vídeos, áudios e muito mais.
– Gera empatia e fortalece a marca.
– Compreende quem são seus consumidores e o que desejam.
– Potencializa a comunicação da empresa.
– Tem a opção de oferecer benefícios exclusivos para seus fãs.
– Proporciona mensuração de resultados por meio de ferramentas.
– Atrai novos consumidores e gera demanda.

Se ainda não possuir sua PAGE NO FACEBOOK Desenvolvemos e gerenciamos à partir de R$ 99,00.

Cadastre seu site em sistemas de busca como o Google, Bing e Yahoo

Divulgação e Otimização

De que adianta você ter um site, mas quando está sendo procurado nos sistemas de busca como o Google, Bing, Yahoo, Cadê?, UOL, Terra, IG, MSN, Altavista, BOL, Aonde, AOL, entre outros ele nunca é encontrado?

Cadastre já o seu site nos principais sites e sistemas de busca !

Para colocar seu site em evidência, uma coisa é essencial:

Tê-lo registrado em mecanismos de busca !

mandala-buscadores

Cadastro em Sites de busca, como todos sabemos, hoje é fundamental a qualquer site, estar cadastrado nos principais sites de busca, tanto os nacionais quanto os internacionais.

Pesquisas comprovam que 90% dos usuários começam suas navegações por meio deles.

Nossa empresa oferece a você e ao seu site as melhores estratégias de marketing virtual em Buscadores (planos de cadastramento e links patrocinados), visando sempre obter os melhores resultados junto aos sites de busca.

Navegue em nosso site e conheça todos os nossos planos (10 mil buscadores, 80 mil buscadores, Cadastro otimizado com consultoria, Otimização de site e Links patrocinados), e em caso de dúvidas não deixe de entrar em contato.

Tenha o seu domínio cadastrado em buscadores, guias de conteúdo (Ibest, IG, Terra, Uol, Globo.com, Folha de São Paulo) e sites de busca (Google, Yahoo, MSN, Zoom, Cadê, Altavista, Aeiou, Lycos, Teoma…).

Faça uma divulgação nos principais sites de busca e conquiste novos clientes.

Aumente o volume de vendas e serviços!

Salvar

Diferença entre SEO e SEM no Marketing Digital

A página inicial de boa parte dos internautas do mundo é o Google, ou seja, um site de busca.

Diferença entre SEO e SEM no marketing digital
Diferença entre SEO e SEM no marketing digital

Apesar de decorarmos o endereço de nossos sites preferidos, o buscador é uma mão na roda para encontrarmos novos blogs de assuntos que gostamos, ou novos sites para fazer algumas compra, buscar algum serviço e até usar como lista telefônica.

Ao buscar algum termo, dificilmente olhamos resultados além da primeira página da pesquisa, às vezes se quer olhamos além dos cinco primeiros.

É aí que entra o Marketing de Buscas que tem como objetivo conseguir colocar seu site entre os primeiros resultados nos buscadores.

Pra isso existem duas formas: o SEO (Search Engine Optimization – otimização para motores de busca) e o SEM (Search Engine Marketing – marketing em motores de busca).

Mas qual é a diferença entre SEO e SEM no marketing digital?

O SEM se vale de um serviço pago conhecido como links patrocinados, onde um site de busca (Google, por exemplo) vende espaços nos seus resultados para promover sites.

O resultado das ações de SEM é imediato: assim que o internauta faz uma pesquisa com as palavras-chave que a empresa comprou, o site aparecerá entre os primeiros resultados marcado como Link Patrocinado para que o visitante saiba que aqueles resultados são na verdade publicidade.

Já o SEO requer mais trabalho, e seus resultados serão vistos apenas a médio-longo prazo.

O SEO é feito através de técnicas na construção do site e de seu conteúdo, utilizando palavras chaves em sua estrutura, títulos das páginas e dos conteúdos, imagens otimizadas, etc.

Por isso é tão importante escolher bem as palavras, procurar aquelas que são menos concorridas para encontrar uma melhor colocação nas buscas.

No entanto existem outros fatores, como o PageRank de seu site ou blog, ranking esse que mede a relevância de sua página baseado principalmente nos backlinks de sites conceituados sobre o mesmo assunto que você trata.

Esses são os dois principais fatores para que se consiga uma boa colocação nas buscas.

Otimização de sites SEO

Otimização de Sites (SEO) é o conjunto de estratégias com o objetivo de potencializar e melhorar o posicionamento de um site nas páginas de resultados dos sites de busca.

Em inglês é utilizado o termo SEO (Search Engine Optimization – “otimização para mecanismos de busca”).

seo-search-engine-optimization
Search Engine Optimization

Por que fazer a Otimização?
Não basta apenas criar um site na web. É necessário posicioná-lo nos primeiros resultados de busca para aumentar sua acessibilidade.

O publico alvo de sua empresa utilizará palavras chave para buscar o que procura e irá acessar principalmente os primeiros resultados que surgirão.

Otimizar é utilizar essas possíveis palavras chave para posicionar seu site nas primeiras páginas dos buscadores ( Google, Yahoo, Bing) possibilitando maior visibilidade e acessibilidade.Ter um site e não otimizá-lo, é como ter uma loja linda em um dos melhores shoppings da cidade e manter suas portas fechadas.

Um bom site tem que ter conteúdo, usabilidade, boa navegação e aparecer no Google

Buscando benefícios com a agilidade e a praticidade do mundo virtual, as empresas estão cada vez mais presentes na internet.

Por isso a importância de ter um site adequado e profissional, afinal o site é a sua empresa na internet.

Como ninguém gosta de comprar em uma empresa feia, mal arrumada e confusa, também na internet esses são cuidados que devem ser tomados, talvez até mesmo com maior ênfase ainda.

Estudos mostram que os internautas não levam mais de 3 segundos para avaliar um site.

Se não encontram o que procuram, o próximo site (seu concorrente) está a apenas um clique de distância.

É bem rapidinho.

As empresas que têm um site podem mostrar os seus produtos e manter um contato próximo com os seus clientes.

Assim, um bom site deve ter conteúdo, um bom design, navegabilidade e usabilidade.

E principalmente ser localizado pelos seus clientes nos sites de busca.

As empresas descobriram que quando seu site aparece na primeira página das buscas, suas visitas aumentam e, consequentemente, suas vendas também, desde que, é claro, os produtos oferecidos sejam bons assim como os preços, a navegação e outros fatores, afinal o internauta pesquisa muito antes de fazer suas compras.

Site Otimizado "SEO"
Site Otimizado “SEO”

Para atingir esse objetivo, um fator muito importante é a aplicação de técnicas de SEO (Search Engine Optimization) no site.

A otimização para sites de busca permite que o site seja localizado entre os primeiros resultados dos principais buscadores para diferentes palavras-chave relacionadas ao site, seus produtos e serviços.

Porém conseguir posicionar-se entre os primeiros resultados do Google, por exemplo, que é o principal site de busca do Brasil e do mundo, nunca foi e cada vez é menos simples.

O Google mudou muito seu robô e as regras que ele leva em conta para ordenar os sites nas buscas.

Por isso o SEO é cada vez mais um trabalho sério que deve ser implementado de preferência na criação do site.

Criar um site já otimizado para os sites de busca é a melhor forma de atrair visitantes qualificados que buscam nesses mecanismos produtos e serviços que desejam.

Criação de Site Otimizado para Sites de Busca
Criação de Site Otimizado para Sites de Busca

Alexandre Goya, consultor e programador web na XDESIGNERS Comunicação & Marketing Visual, já otimizou sites de várias empresas nos últimos anos, alcançando excelentes resultados na grande maioria das vezes.

Buscando evoluir seus serviços e garantir sempre os melhores resultados para pequenas empresas, a XDESIGNERS passou a investir na criação de sites devidamente otimizados, sites com programação semântica totalmente adequada aos mecanismos de busca.

São sites criados seguindo o padrão w3c e codificação em html5, o que confere a garantia de um código limpo e padronizado com conteúdo totalmente acessível aos sites de busca.

Além disso, sites com esse formato podem ser atualizados com facilidade, proporcionam carregamento cerca de 70% mais rápido, têm vários recursos de interação e vários outras vantagens.

Mas a principal delas é exatamente o preço e o custo-benefício de ter um site otimizado e a possibilidade de estar aparecendo na primeira página do Google.

O que fazer para ter um site ?

Criação de Site ou Loja Virtual
Criação de Site ou Loja Virtual

Para se saber o que fazer para ter um Site na internet, elaborei algumas perguntas com respostas bem explicativas:

1. O que é um domínio ?

É o endereço da sua empresa na Internet: www.suaempresa.com.br

2. Quais são os tipos de domínios existentes ?

Basicamente os sufixos de domínio mais usados são: “.com.br” e “.com”.

Para domínios de empresas comerciais e de serviços, é utilizado o sufixo do tipo “.com.br”.

No caso de outras empresas ou entidades (empresas públicas, governo, educação e arte, livrarias, saúde, etc…), existem domínios específicos, como por exemplo: “am.br”, “coop.br”, “edu.br”, “fm.br”, “g12.br”, “gov.br”, “mil.br”, “net.br”, “org.br”, “psi.br”, “tv.br” entre outros.

3. Como registrar um domínio ?

Para registrar um domínio nacional, do tipo .com.br é necessário fazê-lo através de pessoa física ou jurídica (CPF ou CNPJ) e endereço completo.

A REGISTRO.BR é o órgão responsável pela legalização e manutenção do domínio no Brasil.

Para domínio internacional do tipo .com pode fazê-lo através de pessoa física ou jurídica (CPF ou CNPJ).

A solicitação do registro poderá ser feita diretamente pelo cliente ou intermédio de seu provedor de hospedagem.

4. Qual processo de pagamento do domínio ?

Concluído o registro do domínio será emitido no endereço de e-mail do cliente uma fatura por meio de boleto bancário no valor de R$ 30,00 por ano para domínio do tipo .com.br – REGISTRO.BR – ou R$49,90 para domínios internacionais do tipo .com.

5. O que é um provedor de acesso ou provedor de hospedagem ?

Provedores de acessos são empresas de Internet especializadas em oferecer meios e recursos para um usuário (internauta) se conectar e navegar na Internet.

Existem alguns provedores de acesso do tipo Portal que oferecem contas de e-mail, notícias, serviços, utilidades públicas, games etc.

Já um provedor de hospedagem é uma empresa especializada em oferecer espaço para armazenar e publicar arquivos.

São elas responsáveis por disponibilizar o seu site na Internet.

Existem casos em que um provedor de acesso também oferece um serviço de hospedagem.

6. Para ter meu site na Internet é necessário e obrigatório ter provedor de hospedagem ?

Depende. Para sites profissionais com domínio próprio (www.suaempresa.com.br) é necessário um provedor de hospedagem pago.

Para sites pessoais e sem domínios próprios, pode-se fazer a hospedagem e publicação através de serviços gratuitos ou utilização de eventuais espaços cedidos pelo seu provedor de acesso.

7. Como devo triar e enviar material para confecção no meu site ?

O cliente pode selecionar materiais do tipo texto, fotografias e ilustrações.

É interessante que o mesmo o tenha em forma de arquivo digital para garantir agilidade no processo de criação no site.

Os textos podem estar em DOC ou HTML e as imagens digitais (fotos, ilustrações, etc…), no formato JPEG, PNG ou GIF, e em modo RGB.

Isso se faz necessário devido os monitores e navegadores de Internet reconhecerem esses tipos de arquivos para visualização.

O cliente também poderá selecionar e enviar material impresso, onde será cobrado uma taxa referente ao serviço de digitalização e ou digitação dos textos.

8. Como disponibilizar e publicar o meu site na Internet ?

A XDESIGNERS Comunicação & Marketing Visual faz a publicação do seu site na Internet.

Isso se dá pela transferências de arquivos do tipo FTP para servidor de hospedagem indicado por nós ou escolhido pelo cliente.

9. Quais os recursos necessários para que meu site carregue de uma forma rápida e segura para meus clientes ?

Basicamente três fatores fazem a diferença:

a) escolha de um bom provedor de hospedagem e acesso,

b) instalação física e estrutura do local de acesso: computadores, tipo de conexão (banda larga) e estabilidade da rede.

c) desenvolvimento do site em si, conciliando conteúdo e velocidade, trabalhando a melhor forma de não sobrecarregar o download do site.

10. Como poderei contribuir e acompanhar o desenvolvimento do meu site ?

O cliente deve fornecer um briefing (resumo das principais informações) à XDESIGNERS, disponibilizando também eventuais materiais para confecção do site.

Após isso será feito uma consultoria e planejamento, estabelecendo o conteúdo do site (textos, imagens, composição visual e diagramação).

Após esta etapa será apresentado um modelo de layout que deve ser aprovado ou reajustado conforme sua solicitação.

Conforme a aprovação definitiva do layout, dar-se-á início ao processo de desenvolvimento do site para Internet.

11. Quanto pagarei para ter meu site publicado na Internet ?

São três valores distintos:
(A) Registro de domínio (vide tópico 4);
(B) Provedor de hospedagem (valores variam conforme plano de hospedagem:
espaço em disco necessário, tráfego mensal, contas de e-mail e recursos adicionais);
(C) Produção do site conforme necessidade do cliente.

Os planos de hospedagem variam entre R$ 14,90 a R$ 1.199,00.

A produção do site pode variar entre R$ 369,00 a R$ 100.000,00.

O TRABALHO de um homem não tem PREÇO e sim VALOR

Primeiramente nosso trabalho não tem preço e sim valor.

O valor do investimento, entende-se assim devido ao retorno econômico e/ou imagem que um projeto pode gerar, sofrendo variações de acordo com cada projeto em questão, considerando-se dentre outras coisas, a complexidade e as aplicabilidades do mesmo.

Cuidado ! Analise bem, certifique-se quanto a estar sendo atendido por profissionais qualificados e não por “operadores de microcomputadores”.

NO FUTURO QUERO ME LEMBRAR DO QUE FIZ POR NOSSOS AMIGOS E CLIENTES, E NÃO DO QUE PODERIA TER FEITO…

Passado e Futuro
Passado e Futuro

A cada dia, mais negócios se destacam através de uma boa comunicação feita.

A XDESIGNERS é sua maior aliada neste processo, uma empresa voltada para a qualidade e criatividade aos serviços oferecidos aos clientes, transformando suas idéias, aprimorando e desenvolvendo trabalhos de alto impacto visual, com resultados surpreendentes, uma equipe de profissionais qualificados, utilizando as mais recentes técnicas de trabalho e equipamentos de última geração, estando a sua inteira disposição oferecendo um leque de opções e soluções como: Consultoria de Negócios WEB, Desenvolvimento de Sites, Programação WEB, Publicidade Online, Hospedagem Web, Comunicação Visual e Serviços Gráficos, tendo sempre como base os princípios de design.

Na concepção XDESIGNERS : design gráfico é o estudo das formas e cores que aplicados à um símbolo gráfico representam a identidade visual de uma empresa ou pessoa, transmitindo visualmente todos os conceitos, serviços ou produtos oferecidos por esta entidade.

O avanço tecnológico e o fácil acesso aos computadores, que são utilizados apenas como um ferramental para concretizar e viabilizar estudos e conceitos realizados pelos designers, facilitando e agilizando a finalização de um projeto gráfico, proporcionam a entrada no mercado de pessoas iniciantes e leigas em design, fazendo muitas vezes com que se perca a distinção entre o verdadeiro projeto gráfico e a combinação de voluntarismo, pseudoconhecimento gráfico e achologia.

No mercado competitivo não há espaço para achar ou supor, tem que ter certeza, erros podem originar em determinadas situações prejuízos irreparáveis.

Vivemos na era da informação onde sua propagação é espantosamente rápida, onde uma fração de segundos pode representar uma verdadeira eternidade.

É no mínimo curiosa a forma em que o design é abordado.

Quando observa-se anúncios que dizem: -“Seja um Web Designer em 3 dias…” ou até mesmo na banalização do uso da palavra design em nomes de empresas que não apresentam nenhuma relação com design, atendendo a um modismo inexplicável…

Não seria interessante se deparássemos com anúncios do gênero: “Seja um médico em 3 dias…” ou “Seja um advogado em 3 dias…” ou outra das tantas profissões existentes?

Como poderia uma pessoa tornar-se um Web designer em 3 dias?

Assumir uma profissão em tão pouco tempo?

Isso não considerado quando o design torna-se um desing…

Imagine um adevogado ou até mesmo um adivogado… é Inimaginável…

Salvar