Programador webmaster

O Webmaster é um profissional capaz de realizar tarefas tanto de um webdesigner (elaboração do projeto estético e funcional de um web site) quanto de um web developer ( que faz a parte da programação, como sistemas de login, cadastro, área administrativa).

 

Um webmaster domina uma lista de tecnologias de programação e desenvolvimento.

Além das fundamentais XHTML e CSS, o webmaster precisa dominar tecnologias como Python, JavaServer Pages, PHP, Perl, Ajax, Ruby on Rails, ASP.NET, Flash e XML. E também sistemas CMS, como WordPress, Joomla e Drupal.

Você é comprometido ou envolvido?

Numa fazenda a discussão estava pegando fogo.

De um lado as galinhas com suas dificuldades e do outro os porcos com suas idéias.

As reuniões se arrastavam há tempo… era conversa e mais conversa e nada de ação.

Ambos queriam preparar uma festa de aniversário para o fazendeiro, mas não chegavam a um consenso.

As galinhas defendiam:

– Gente… cócódé, não adianta se incomodar tanto ! Vamos fazer qualquer coisa e deu pra bola.

Os porcos propunham:

– Óinc óinc, temos de fazer a melhor festa pra ele, temos de surpreender.

– Cócódé, mas vai ser muito complicado, e pra quê fazer a melhor festa se o fazendeiro nem é tão bom pra nós.

Quando ele for melhor conosco, aí faremos algo diferente.

– Óinc óinc, se queremos que ele mude, façamos nós antes.

Nós é que precisamos dele.

– Cócódé, tá complicado nos entendermos.

Vocês querem as coisas mais difíceis, tem de ser mais prático.

Sugiro começarmos a definir as coisas com menos polêmica.

Vamos definir o cardápio.

Todos então concordam.

Então a galinha propõe:

– Vamos fazer ovos com bacon.

Agora eu pergunto, quem está envolvido e quem está comprometido ?

Nas empresas, na sociedade, em tudo, há esses dois grupos.

Os envolvidos e os comprometidos.

Parece ser a mesma coisa, mas não é.

Envolvimento é ato de envolver.

Envolver deriva do latin envolvere que seria o mesmo que cobrir, enrolar ou misturar.

Comprometimento é ato de comprometer-se ou assumir um compromisso.

Comprometer deriva do latin compromittere e compromisso deriva do latin compromissu ambas remete ao sentido de assumir uma obrigação ou promessa firmada com outra parte.

Exemplificando para o ambiente de trabalho:

A pessoas envolvidas fazem parte do grupo e trabalham pelos seus objetivos.

Para os comprometidos, o grupo faz parte dele e trabalha com os objetivos coletivos.

Os envolvidos apontam os sintomas e muitas vezes fazem parte do problema.

E quando resolvem, o fazem da forma mais prática.

O comprometidos compram problemas e resolvem da melhor forma.

Os envolvidos assumem somente as responsabilidades da sua função e quando é repassado mais funções reclamam que estão sendo explorados e não têm interesse, pois não fecha com seu objetivo pessoal.

Os comprometidos assumem as responsabilidades necessárias para atingir os objetivos coletivo e quando é repassado mais funções vêem como ótima oportunidade de aprenderem mais.

O envolvido sempre quer ser reconhecido pelo que faz.

O comprometido sempre reconhece quem faz.

Para os envolvidos sempre há problemas e dificuldades. Para os comprometidos, sempre há soluções e energia.

O envolvido toma espaço.

O comprometido constrói o seu espaço.

A relação com um evolvido é de curto prazo.

Enquanto o comprometido consegue-se manter uma relação de longo prazo.

Quer matar uma empresa aos poucos?

Retenha funcionários, clientes e fornecedores que você não consiga manter relação de longo prazo.

Ou seja, mantenha envolvidos contigo que será o seu suicídio.

O porco olha com serenidade para as galinhas e fala com segurança:

– Óinc óinc. Se esta for a melhor solução, eu darei o meu coro, pois eu sou comprometido.

E você… é comprometido com as outras pessoas, com o que faz, com sua família, com seu trabalho, com a alegria dos que estão próximos de você.

Ou você é só mais uma galinha no poleiro ?

1 que vale por milhões

UM DIA ALGUÉM ESCREVEU:

SE TIVESSE UM MILHÃO DE AMIGOS E PEDISSE A CADA UM UMA MOEDA, PODERIA SER MILIONÁRIO.

SE TIVESSE 500 MIL AMIGOS, PEDIRIA PARA DARMOS AS MÃOS E UNIRMOS O PAÍS.

SE TIVESSE 200 MIL AMIGOS FUNDARIA UMA CIDADE ONDE TODOS SE SAUDASSEM COM UM SORRISO.

SE TIVESSE 25 mil AMIGOS A EMPRESA DE TELEFONE CORTARIA A MINHA LINHA CADA VEZ QUE FIZESSE ANOS.

SE TIVESSE 6 MIL AMIGOS GOSTARIA DE TER 6 MIL AFILHADOS.

SE TIVESSE MIL AMIGOS TERIA DUAS MIL MÃOS SÓ PARA MIM.

SE TIVESSE 365 AMIGOS PASSARIA CADA DIA DO ANO COM UM DELES.

SE TIVESSE 100 AMIGOS TERIA 100 CONSELHOS.

SE TIVESSE 4 AMIGOS TERIA ASSEGURADAS AS 4 PESSOAS QUE CARREGARIAM O MEU CAIXÃO.

SE TIVESSE 2 AMIGOS SERIA 2 VEZES MAIS FELIZ.

MAS SE TIVESSE SÓ 1 AMIGO (E TENHO) NÃO PRECISARIA DE TER MAIS.

HÁ QUEM QUEIRA TER UM MILHÃO DE AMIGOS, QUANDO SÓ UM VALES POR MILHÕES.

“AMIGOS SÃO OS QUE NOS MOM ENTOS BONS APARECEM SE OS CHAMARMOS,
E NOS MAUS…… SIMPLESMENTE APARECEM”

saber viver de charles chaplin

Quando me amei de verdade, compreendi que em qualquer circunstância, eu estava no lugar certo, na hora certa, no momento exato.

E então, pude relaxar.

Hoje sei que isso tem nome… Auto estima.

Quando me amei de verdade, pude perceber que minha angústia, meu sofrimento emocional, não passa de um sinal de que estou indo contra minhas verdades.

Hoje sei que isso é… Autenticidade.

Quando me amei de verdade, parei de desejar que a minha vida fosse diferente e comecei a ver que tudo o que acontece contribui para o meu crescimento.

Hoje chamo isso de… Amadurecimento.

Quando me amei de verdade, comecei a perceber como é ofensivo tentar forçar alguma situação ou alguém apenas para realizar aquilo que desejo, mesmo sabendo que não é o momento ou a pessoa não está preparada, inclusive eu mesmo.

Hoje sei que o nome disso é… Respeito.

Quando me amei de verdade comecei a me livrar de tudo que não fosse saudável… Pessoas, tarefas, tudo e qualquer coisa que me pusesse para baixo. De início minha razão chamou essa atitude de egoísmo.

Hoje sei que se chama… Amor-próprio.

Quando me amei de verdade, deixei de temer o meu tempo livre e desisti de fazer grandes planos, abandonei os projetos megalômanos de futuro.

Hoje faço o que acho certo, o que gosto, quando quero e no meu próprio ritmo.

Hoje sei que isso é… Simplicidade.

Quando me amei de verdade, desisti de querer sempre ter razão e, com isso, errei muitas menos vezes.

Hoje descobri a… Humildade.

Quando me amei de verdade, desisti de ficar revivendo o passado e de preocupar com o futuro. Agora, me mantenho no presente, que é onde a vida acontece.

Hoje vivo um dia de cada vez. Isso é… Plenitude.

Quando me amei de verdade, percebi que minha mente pode me atormentar e me decepcionar. Mas quando a coloco a serviço do meu coração, ela se torna uma grande e valiosa aliada.

Tudo isso é… Saber viver!!!

Charles Chaplin

As 7 Leis Universais

As Sete Leis Universais

Todo aquele que buscar aprender sobre o Ocultismo certamente terá contato com várias referências a Hermes Trimegisto.

Chamado “Trimegisto” por ter sido três vezes grande: o maior dos reis, o maior dos sacerdotes e o maior dos filósofos.

Sua história perde-se na noite dos tempos, havendo quem o veja como o deus Thot dos egípcios, o que o vincula ao “Livro de Thot”, que chegou aos dias atuais em sua forma codificada nas lâminas e imagens do Tarot. Escreveu o “Caibalion”, obra em que aponta as sete leis universais.

7-leis-universais

O conteúdo de seus ensinamentos é assustadoramente atual, de modo que, seja um mito, seja um sábio da antiguidade, Hermes Trimegisto deixou-nos uma obra cuja grandiosidade repousa no caráter atemporal dos seus ensinamentos.

1. A Lei do Mentalismo
O Todo é Mente; o Universo é Mental.

A matéria mais e mais vai se firmando na concepção da ciência como um temporário feixe de forças.

Um corpo sólido, mesmo considerando-se substâncias de grande dureza, como o diamante, é um imenso agregado de partículas formadas por partículas ainda menores e incrivelmente afastadas umas das outras.

Grosso modo, o núcleo de um átomo seria como uma bola de futebol no centro do campo, girando os elétrons quais pequeninos grãos de chumbo pelas arquibancadas. Entre eles, o vácuo.

Na verdade, para o estudioso do oculto é básico que esse vácuo acha-se todo preenchido por algo mais que o nada.

Se há uma coisa que não existe no Universo, é o nada.

As partículas físicas são extremamente pequenas e distanciam-se enormemente umas das outras, formando um sistema que se apóia num oceano infinito de natureza etérica. O meio etérico, que a ciência rejeita, constitui-se de matéria arranjada de tal forma que as partículas não são perceptíveis pelos instrumentos disponíveis aos pesquisadores terrenos.

Ainda assim é matéria, submetida a padrões de atração e repulsão, dotada, pois, de inércia, conquanto não influenciada pelas forças comuns que atuam no plano da matéria física.

Seja como for, as partículas que compõem o átomo são as mesmas que se associam para formar estruturas no plano etérico.

O que diferencia uma estrutura física sutil de uma estrutura etérica é o contexto das associações inter-particulares consoante arranjos de forças diferentes. Como a ciência ortodoxa desconhece esses arranjos e associações, não podendo captar a matéria etérica, nega sua existência.

Importante destacar que a Física Quântica desmistificou a dicotomia matéria-onda. Feixes de elétrons comportam-se como raios de luz quando suficientemente acelerados, inclusive difratando.

A partícula pode ser concebida como uma curvatura extrema do espaço, algo assim como uma dobra puntiforme que corre pelo todo etérico.

Todo esse escorço é necessário para se abordar o fato de que a matéria física é o extremo inferior da realidade em termos de espectros de vibração.

O Universo é composto de ondas cuja manifestação se dá tanto mais próximo da matéria física conforme menor é a freqüência das oscilações que a caracterizam.

Por outro lado, freqüências progressivamente maiores levam o fenômeno para os estamentos mais elevados da existência.

O pensamento também é um fenômeno ondulatório.

Dota-se, pois, de padrões vibracionais, padrões esses que o caracterizam como mais ou menos elevado consoante o paradigma adotado.

Sendo o pensamento a veiculação de energia ondulatória, interfere e sofre a interferência de outros fenômenos ondulatórios.

Tendo em vista que o pensamento esparge ondas que se propagam na veiculação da energia assim empregada, e considerando que mesmo a matéria física mais densa é um feixe de forças, temos que entre o pensamento e a matéria sólida há uma comunhão essencial suficiente a vincular um ao outro.

Essa é a base da Primeira Lei Universal.

A comunhão da essência da matéria e o fenômeno mental implica na essência mental de todo o Universo.

Como corolário, a criação, entendida aqui como a produção das estruturas dos planos existenciais, opera-se pela mente do Criador em interação direta com as partículas (dobras puntiformes do espaço).

Em dimensão reduzidíssima, o próprio homem, com seu pensamento, atua diretamente no meio etérico que o circunda, gerando formas nos fluidos.

Por não ter ainda o controle suficiente dos próprios pensamentos, o homem gera formas-penssamentos de modo automático, por ressonância direta, desnudando o seu pensar por uma egrégora vibracional que o circunda.

É a chamada co-criação em plano menor.

Veja-se que um ser de elevada estatura espiritual consegue interferir na própria matéria física, submetendo-a por sua vontade na conformidade de seu pensamento.

A magia que ao homem parece mera fantasia onírica é mais verdadeira do que uma barra de ferro.

A disciplina do pensamento, submetida a uma concentração de vontade bem dirigida, opera fenômenos maravilhosos por interação ondulatória do pensamento na estrutura também ondulatória da própria matéria.

“O Todo é Mente; o Universo é Mental.”.

2. A Lei da Correspondência

O que está em cima é semelhante ao que está embaixo, e o Que está embaixo é semelhante ao que está em cima.

A unicidade do todo universal determina que o macrocosmo e microcosmo estejam sob a regência das mesmas leis.

No entanto, bem se deve destacar que se trata de semelhança e não de igualdade, já que a gravitação dos astros não se confunde com as forças que sustentam as partículas nos recônditos atômicos, não coabitando o mesmo tratamento matemático – é o que a física quântica esclarece.

Impossível não reconhecer a grande semelhança em ambas as estruturas, de qualquer forma.

Conquanto o esteio matemático seja distinto, as leis naturais que fazem os corpos e partículas se embalarem em órbitas são comuns tanto no estamento astronômico quanto no quântico.

Por outra, os fenômenos que se desdobram nos planos existenciais de freqüência mais elevada são projetados em harmônicos mais graves até mesmo no plano físico, na matéria densa.

Invoca-se o que foi dito acerca da Lei do Mentalismo, afinando-se com a Lei da Correspondência uma vez que a natureza ondulatória do pensamento criador induz por ressonância o seu padrão mais grave nos planos menos elevados, fenômeno somente possível pela comunhão do íntimo ondulatório distinto em freqüência mas semelhante (correspondente) nos demais contornos.

3. A Lei da Vibração
Nada está parado; tudo se move; tudo vibra.

O Ocultismo tem por pressuposto que o vácuo não existe. O que a ciência ortodoxa denomina “vácuo”, as ciências ocultas concebem como astral ou mental. Conquanto divirjam as ciências nesse ponto, é comum a elas que nada no Universo está parado.

Tudo se move. O movimento é a pulsante vida de tudo o que existe. Planetas giram em torno de estrelas formando sistemas que, por si, movem-se também em torno de pontos gravitacionais no concerto da galáxia, esta também movendo-se no todo universal.

No outro extremo dos fenômenos, partículas giram em torno de outras partículas, formando moléculas que movem-se em grandes velocidades.

Mesmo os átomos de uma barra de ferro agitam-se continuamente ao embalo dos movimentos que compõem sua estrutura subatômica.

Tudo vibra. O Universo é vivo e agita-se em todos os seus elementos estruturais. O pretenso vácuo da ciência ortodoxa é um infindável oceano do vivíssimo universo que se espraia pelo todo, com suas partículas (dobras puntiformes do espaço) e ondas agitando-se continuamente.

4. A Lei da Polaridade
“Tudo é Duplo; tudo tem pólos; tudo tem o seu oposto;o igual e o desigual são a mesma coisa; os opostos são idênticos em natureza, mas diferentes em grau; os extremos se tocam; todas as verdades são meias verdades; todos os paradoxos podem ser reconciliados.”

A consciência espiritual vive em vários planos existenciais durante sua ascensão. Após muito tempo condicionando instintos no plano animal, adentra ao plano humano, passando pelo estado hominídeo, quando é apenas um pouco mais aprimorado que os demais primatas. De qualquer modo, ao debutar na consciência contínua o homem percebe o mundo à sua volta e exercita o aprendizado através da Dualidade.

Só mesmo através de idéias opostas o homem pode compreender o plano existencial em que está inserido.

Tudo em sua mente é percebido através de uma forte simetria de opostos. Quente e frio, alto e baixo, noite e dia, e assim por diante. Consoante a Filosófica Oculta, a Unidade se manifesta através do Binário, entendido esse como a Dualidade.

A estrutura dialética é uma expressão dessa verdade universal – uma tese é contraposta por uma antítese, advindo do equilíbrio de ambas a síntese; ou seja, a síntese é a equivalência entre os extremos, desnudando-lhes a unicidade. Até mesmo nos fenômenos puramente físicas podemos ver a dualidade como síntese de extremos – seco / molhado -> úmido; frio / quente -> tépido.

Em ambos os casos, na verdade, não existem os extremos como entidades próprias. De fato, não há propriamente o seco ou o molhado, tampouco o frio ou o quente, mas tão-somente gradientes da umidade ou do calor.

Portanto, cuida-se de um único fenômeno desdobrado em aspectos opostos na concepção humana do todo.

5. A Lei dos Ciclos
“Tudo tem fluxo e refluxo; tudo ,em suas marés; tudo sobe e desce; tudo se manifesta por oscilações compensadas; a medida do movimento à direita é a medida do movimento à esquerda; o ritmo é a compensação.”

Os fenômenos de ocorrência sucessiva dobram-se em ciclos fechados. Cada evento pode ser considerado único, porém sempre dentro de um contexto maior em que compõe um todo cíclico, que o abarca.

Consoante já visto com a Lei da Vibração, tudo é movimento; é de se acrescentar que o movimento caracteriza também o transcorrer dos fenômenos, em trajetórias fechadas como círculos.

Mas não apenas círculos fechados; na verdade, são círculos que progridem, eles próprios, em sucessões, assim como espirais.

Ainda mais: as espirais, a bem da verdade, são formadas, não por círculos sucessivos, mas sim por esferas.

O ciclo básico não é apenas um seguir de entes intermediários em um plano só, como a ponta de um compasso no plano do papel; a ponta do compasso gira no espaço, sucedendo nos vários planos concêntricos, Daí a idéia mais apropriada de esferas que se sucedem.

Os fenômenos que transcorrem no tempo, portanto, podem variar bastante, dando a idéia de eventos aleatórios.

No entanto, nada é aleatório no Universo.

Mesmo que os ciclos seguissem uma trajetória de um único círculo fechado, seria difícil perceber-lhes o todo, quanto mais tratando-se de ciclos que variam segundo as várias dimensões do espaço.

Não é possível ao observador perceber em que momento do fenômeno está.

Ilustremos com um exemplo bastante primário. As marés constituem um fenômeno sucessivo cujo ciclo o homem gaba-se de conhecer.

Não obstante, o comportamento das marés vem mudando ao sabor de alterações climáticas.

Não se trata de um elemento externo que está desvirtuando o ciclo das marés, como o homem tende a admitir.

Não. Ocorre que o ciclo das marés comunga da sucessão de uma universalidade de outros ciclos concomitantes e concêntricos, todos interdependentes e, ao mesmo tempo, passíveis de observação individualizada (desde que se saiba o que, quando e onde observar).

Relevante dizer que, no exemplo simplista com que se busca ilustrar, a modificação do clima tem um de seus elementos causais nos ciclos da evolução humana, ciclos esses que trazem um período de predominância de razões econômicas para a produção industrial sem preocupações ambientais.

6. A Lei da Causa e Efeito

“Toda a Causa tem seu Efeito, todo Efeito tem sua Causa; tudo acontece de acordo com a Lei; o Acaso é simplesmente um nome dado a uma Lei não reconhecida; há muitos planos de causalidade, porém nada escapa à Lei.”

A Lei da Causa e Efeito é o corolário da Lei dos Ciclos. Os ciclos sucedem-se na Natureza, regendo os fenômenos físicos e espirituais (“Físico” e “Espiritual”, consoante a Lei da Polaridade, são aspectos de uma realidade única, diferenciada por gradação do espectro de freqüência).

Assim como o ciclo evolutivo amolda um período de predominância de razões econômicas para a produção industrial sem preocupações ambientais, os ciclos climáticos, dentre outros, progridem na mesma batuta, acompanhando, momento a momento, o ciclo evolutivo e tudo o mais.

Equivale a dizer que as alterações climáticas têm relação de causa e efeito com o excesso de poluentes lançados na atmosfera.

Observando o fenômeno do desenvolvimento da consciência humana, os atos e atitudes do ser geram conseqüências para si e para outrem.

Tão-logo o ciclo do desenvolvimento consciencial atinja o estágio da compreensão do caráter lícito ou ilícito de um ato, inicia-se o ciclo da responsabilidade do homem por tudo o que faça ou deixe de fazer.

É a partir desse ponto que nasce o conceito de carma, referido aqui como conseqüência do ato realizado por livre escolha.

7. A Lei do Gênero

“O Genero está em tudo; tudo tem o seu princípio masculino e o seu princípio feminino; o gênero se manifesta em todos os planos.”

Além dos ciclos e das polaridades que informam os fenômenos universais, a Lei do Gênero rege a natureza mais íntima da mônada que o Criador põe a se desenvolver desde o cristal até a angelitude. Os Princípios Masculino e Feminino estão presentes em todos os planos existenciais e podem ser concebidos como um ciclo imenso em que a mônada se desdobra, se aperfeiçoa, evolui, propiciando sucessivos ciclos menores durante cada uma das fases, masculina e feminina.

Características masculinas ou femininas são perceptíveis mesmo nos corpos sólidos, conforme predominem a força (princípio masculino) ou a beleza (princípio feminino).
Como em tudo o mais, a masculinidade e a feminilidade são ciclos que se sucedem em vários níveis progressivos, de modo que tudo se vai tocando das características de um e outro.

Um cristal de diamante é de beleza conhecida, ao mesmo tempo em que exibe imensa dureza.

A alma humana tende à assimilação da Beleza tanto quanto da Força, indo para mais adiante com ambos os princípios.

Difere da simples polaridade porque o masculino e o feminino não são aspectos, em cada momento, de uma mesma natureza; só assim será depois da assimilação plena de ambos os princípios.

Masculino e Feminino não têm relação de tese e antítese, não se extraindo síntese de sua unicidade.

Masculino e Feminino são contextos amplos em que vibra mais particularmente um gênero do que outro, somente unitários nos planos mais elevados da consciência.

como aparecer na primeira pagina do google sem pagar

Quer aparecer na primeira página do Google?

A resposta é extremamente simples: faça com que seu site seja o melhor resultado para aquela determinada busca.

Apesar do conceito ser simples, a sua aplicação estratégica e prática é complexa, depende de um site bem programado, otimizado, com conteúdo de qualidade em um processo frequente de manutenção, com vários links de redirecionamento e com um razoável número de visitantes na comparação com os concorrentes do mesmo setor.

Para aparecer na primeira página do Google não há uma receita de bolo ou um “milagre” em termos de programação.

Por mais que a linha mestra de raciocínio seja a mesma para todos os sites, a estratégia para cada um pode ser diferente.

Conheça agora as principais etapas do processo:

1. Um site bem programado:

Para o Google tanto faz se o seu site é bonito ou feio.

Quem se importa com isso é o seu internauta, não os robôs dos sistemas de busca.

Um site bem programado tem o código conciso, imagens formatadas no tamanho correto, com CSS bem aplicado e não possui links quebrados.

Um site bem planejado considera todas as possibilidades de ferramentas que possam auxiliar o processo de SEO.

2. Conteúdo de Qualidade e Manutenção Frequente:

Um site precisa ter conteúdo de qualidade.

A ideia central de ter uma página na internet é disponibilizar mais dados e informações sobre produtos e serviços, tirar dúvidas, dar dicas e suporte aos clientes, criar experiências de marca e assim auxiliar as pessoas a formarem opiniões e tomarem decisões acerca do que você estiver oferecendo.

Para conquistar a primeira página do Google o conteúdo precisa ter qualidade e ter manutenção frequente para que seu cliente permaneça mais tempo navegando em seu site e que retorne frequentemente em busca de novidades.

3. Otimizado:

Otimização significa preparar o seu site para ser encontrado pelos buscadores.

Esse é o trabalho do SEO (Search Engine Optimization).

Dentre as ações de SEO para um site, destacam-se: definições de palavras-chave, descrições de páginas e nomenclaturas de títulos, desenvolvimento de sitemaps, reescrita de URLs, identificação de imagens, reestruturação de links e sublinks, organização de priogenia e controle de densidades de palavras-chave.

Este é um dos principais itens para aparecer na primeira página do Google sem pagar.

4. Links de redirecionamento:

Quanto mais links estiverem indicando e redirecionando visitas para o seu site, melhor.

Com conteúdo de qualidade muitas empresas vão lhe procurar para vender anúncios e trocar banners (o que pode ser visto como um inconveniente, mas é como se negocia propaganda na internet).

Por outro lado, pessoas podem postar e comentar sua marca em blogs e outros sites.

Incentive essa prática e monitore tudo o que está acontecendo através de ferramentas de análise, como o Google Analytics.

5. Visitantes:

O número de visitas é um dos fatores chave para a classificação de um site.

Seguindo os passos anteriores naturalmente o número de internautas navegando dentro do seu site tende a aumentar, mas não na velocidade que você gostaria que acontecesse.

A vantagem é que existem inúmeras estratégias para acelerar esse processo por meio de anúncios na internet (pagos ou não).

Assim, canalize visitantes anunciando através de links patrocinados, catálogos empresariais on line, fazendo banners em portais e até mesmo pagando para que um blogueiro fale bem
(ou mal) da sua marca na internet.

o que é especialista em seo

O que é Especialista em SEO ?
( SEO = Search Engine Optimization / Otimização em mecanismos de buscas na web/internet )

O Especialista em SEO é um Analista responsável por otimizar páginas de sites para que fiquem o melhor possível posicionadas nos mecanismos de busca como o Google, Yahoo, Bing…

A busca orgânica, gratuita, é o foco deste Especialista em SEO, e para ter bons resultados o processo será de médio à longo prazo.

Tarefas do Especialista em SEO

É fundamental que o profissional em SEO saiba:

Fatores ON Page – Analisar o código do site, html, urls, navegação e usabilidade. Avaliar o conteúdo do site para que seja muito bem compreendido pelos motores de busca.
Fatores OFF Page – Seria o externo do site, como criar backlinks para o seu site. Conseguir o máximo de sites com o mesmo assunto que o seu, que irá indicá-lo por seu conteúdo ser de boa qualidade.
Criação de Conteúdo – Criar conteúdos para os clientes não somente para os buscadores. Criar uma interação das pessoas com a matéria, criando uma expectativa de comentar e discutir sobre o tema proposto.
Treinar Equipes – Passar seu conhecimento e propósito para a Equipe, mostrando a Importância do SEO para um bom posicionamento e o que poderá mudar futuramente quando o site estiver bem posicionado e visto pelos motores de busca.

Ensinar todo tipo de ferramenta necessário que possam ser utilizadas para ter noção e visão de como será feito o rankeamento do site.

Requisitos para um Especialista em SEO

Os requisitos não são oficiais do profissional, mas são considerados essenciais para o profissional em SEO.

  • Conhecer os mecanismos de busca
  • Noção de códigos (html, css, php…)
  • Saber pesquisar e entender qual a melhor palavra chave e estratégia para o site.
  • Atualmente saber utilizar as Redes Sociais para desenvolvimento de estratégias para ajuda no SEO.
  • Saber técnicas de SEO.
  • Desenvolver estratégias de posicionamento.
  • Utilizar ferramentas para análise de desenvolvimento e resultados.
  • Conhecimento em xml.

Diferenciais do Especialista em SEO

  • Usabilidade
  • Inglês
  • Programação
  • Google Analytics
  • Marketing e Propaganda.
  • Experiência

Se existir alguma dúvida ou pergunta sobre o profissional Especialista em SEO, deixe um comentário.

filosofia do sucesso napoleon hill

FILOSOFIA DO SUCESSO:

Se você pensa que é um derrotado, você será derrotado.
Se você não pensar,quero a qualquer custo,
Não conseguirá nada.

Mesmo que você queira vencer, mas pensa que não vai conseguir,
A vitória não sorrirá para você.

Se você fizer as coisas pela metade,
Você será um fracassado.

Nós descobrimos neste mundo, que o sucesso começa pela intenção da gente,
E tudo se determina pelo nosso espírito.

Se você pensa que é um malogrado, você se torna como tal.

Se você almeja atingir uma posição mais elevada,
Deve,antes de obter a vitória,
Dotar-se da convicção de que conseguirá infalivelmente.

A luta pela vida, nem sempre é vantajosa aos fortes, nem aos espertos.

Mais cedo ou mais tarde, quem cativa a vitória é aquele que crê plenamente:

EU CONSEGUIREI !
“Napoleon Hill”

Criando uma página em html5 e css3 para um site otimizado por alexandre goya

Olá, sou Alexandre Goya, Consultor e Programador Webmaster, Especialista em SEO (Otimização de Sites) e SEM (Gerenciamento de Campanhas em mídias digitais como o Google),
Certificado Google Adwords Partners, Desenvolvo Sites Responsivos em HTML5 e CSS3, e implanto Blogs em WordPress, e Loja Virtual para E-commerce (Woocommerce e Interspire).

Se precisar vender seu produto ou serviço, e quiser ter ou reformular e otimizar seu site, me procure !

Saiba mais em: http://www.alexandregoya.com.br/

Nesta postagem, irei criar o esboço de uma página utilizando HTML5 e CSS3 para um SITE OTIMIZADO.

Primeiramente, vamos abrir o NOTEPAD (BLOCO de NOTAS) e salvar o arquivo como index.html utilizando codificação UTF-8.

Não esqueça de salvar este arquivo em uma nova pasta, com o nome do projeto o qual quer desenvolver, no meu caso, salvei a pasta como “SITE”.

Abra o arquivo “index.html” com o bloco de notas, e escreva o seguinte código:

<!doctype html>
<html lang=”pt-br”>
<head>
<meta charset=”utf-8″>

<title>título do seu site com no máximo 70 carácteres</title>

<meta name=”description” content=”descrição do que se fala em seu site, produtos, serviços, etc… com no máximo 160 caracteres” />

<meta name=”keywords” content=”palavra chave 1, palavra chave 2, palavra chave 3, até 10 palavras chave com no máximo 150 caracteres” />

</head>

<body>

<div>
<header>
<h1>Título do topo do site</h1>
<img src=”imagem-do-topo-do-site.jpg”
alt=”imagem do topo do site” />
<h2>Título secundário do topo do site</h2>
<nav>
<a href=”#”>Menu Principal do Site</a>
</nav>
</header>
</div>

<hr>

<div>
<section>
<div>
Conteúdo Principal do Site
</div>
</section>
</div>

<hr>

<div>
<aside>

<div>
Conteúdo Secundário do Site
</div>

<div>
<article>
Páginas, Postagens ou Artigos no Site
</article>
</div>

</aside>
</div>

<hr>

<div>
<footer>
<div>
Rodapé do Site
</div>
</footer>
</div>

</body>

</html>

Explicando o código acima:

O que definirá que sua página está sendo escrita em HTML5 é o <!doctype html>que posteriormente declara <html lang=”pt-br”> que significa que é um arquivo html com linguagem local para Português Brasileiro.

Dentro da <head> </head> é onde inserimos a parte inteligente e mais importante da programação do site, pois é nela que será inseridas as informações as quais os robôs de busca iram procurar para analisar posteriormente o conteúdo e a relatividade e relevância da pagina para resultar ao usuário de pesquisa.

A parte inteligente que será inserida mencionada acima são as TAGS
de título, descrição, e palavras chave para busca, e note que existe uma quantidade máxima de caracteres a serem inseridos em cada uma.

Logo abaixo, temos o corpo do site, dentro de <body> </body> será onde iremos inserir todo conteúdo do site,…

Temos algumas tags que nos ajudam a separar e dividir o site, são elas:
<header></header> que é sempre a cabeça do site;
<nav></nav> utilizado para informar que nele será montado o menu principal do site;
<section></section> que é onde inserimos o conteúdo principal do site dividindo-o por seções;
<aside><aside> muito utilizado para inserir conteúdos secundários relevantes ao conteúdo principal do site;
<article><article> utilizado para inserir conteúdos do tipo artigos, paginas ou postagens de blog interno ou externo;
<footer></footer> usado para informar que estamos fechando o rodapé da página;

Existem outras tags, como:
<p></p> para parágrafos;
<br> para quebrar linhas;
<ol></ol> listas ordenadas;
<ul></ul> listas não ordenadas;
<li></li> linha da lista;
<strong><strong> para evidenciar como um negrito <b></b>;
<em></em> enfatização como o itálico <i></i>;

Entre outros,…

O que é felicidade

O que é Felicidade:

Felicidade é o estado de quem é feliz, uma sensação de bem estar e contentamento, que pode ocorrer por diversos motivos. A felicidade é um momento durável de satisfação, onde o indivíduo se sente plenamente feliz e realizado, um momento onde não há nenhum tipo de sofrimento.

A felicidade é formada por diversas emoções e sentimentos, que pode ser por um motivo específico, como um sonho realizado, um desejo atendido, ou até mesmo pessoas que são conhecidas por estarem sempre felizes e de bom humor, em que não é necessário nenhum motivo específico para elas estarem em um estado de felicidade.

A felicidade é abordada por diversos filósofos, pela psicologia e pelas religiões. Os filósofos associavam a felicidade com o prazer, uma vez que é difícil definir a felicidade como um todo, de onde ela surge, os sentimentos e emoções envolvidos. Os filósofos estudavam qual o comportamento e estilos de vida poderiam levar os indivíduos à felicidade plena.

Felicidade pela Psicologia

A Universidade de Oxford criou um questionário para medir, através de vários métodos e instrumentos, o nível de felicidade das pessoas. Eles acreditam que para medir a felicidade, é necessário avaliar fatores físicos e psicológicos, renda, idade, preferências religiosas, políticas, estado civil etc.

O psiquiatra Sigmund Freud defendia que todo indivíduo é movido pela busca da felicidade, mas essa busca seria uma coisa utópica, uma vez que para ela existir, não poderia depender do mundo real, onde a pessoa pode ter experiências como o fracasso, portanto, o máximo que o ser humano poderia conseguir, seria uma felicidade parcial.

Felicidade pela Filosofia

Diversos filósofos estudaram e analisaram a felicidade. Para o grego Aristóteles, a felicidade diz respeito ao equlíbrio e harmonia praticando o bem; para o também grego, Epico, a felicidade ocorre através da satisfação dos desejos; Pirro de Élis também acreditava que a felicidade acontecia através da tranquilidade. Para o filósofo indiano Mahavira, a não violência era um importante aliado para atingir a felicidade plena.

Os filósofos chineses também pesquisaram sobre a felicidade. Para Lao Tsé, a felicidade poderia ser atingida tendo como modelo a natureza. Já Confúcio acreditava na felicidade devido à harmonia entre as pessoas.

O que são cores CMYK, RGB e Pantone

O que são e quais as diferenças dos padrões de cores CMYK, RGB e PANTONE, e quando usa-las?

Esta ai uma coisa que causa bastante dor de cabeça em muitas pessoas. Tentarei explicar de uma forma básica para um fácil entendimento.

Estamos ligados as cores constantemente em nosso dia-a-dia, como por exemplo os monitores e os impressos, sendo que tudo o que é representado por eles tem um padrão de cor próprio utilizado.

O que é RGB?

As cores são formadas a partir de pontos (pixels) iluminados ou luminosos, que se baseiam em três cores:

Vermelho (Red), Verde (Green) e Azul (Blue), mais conhecido como RGB. RGB é o padrão de cores usado em monitores, ou seja, todas as imagens e fotos visualizadas no computador são formadas por pontos de luz que podem ter facilmente 16,7 milhões de combinações de cores diferentes.

Mas na impressão as coisas são bem diferentes, porque as cores são geradas a partir do reflexo da luz sobre pigmentos no papel branco. É por isso que fica quase impossível reproduzir todas as cores que existem na tela do monitor para o papel.

Através disso que foi criado um espaço de cor para simular as cores na mídia impressa.

O que é CMYK?

É um padrão de quatro cores primárias, que combinadas formam cores ilimitadas.

CMYK é a abreviatura do sistema de cores formado por Ciano (Cyan), Magenta (Magenta), Amarelo (Yellow) e Preto (blacK). Alguns dizem que a letra K no final significa Key (Chave em ingles) pois Preto é considerado a cor chave da industria gráfica. Outros dizem que K foi escrito somente por que a letra B já estava sendo usado no modelo RGB(Blue), então aproveitaram a ultima letra (BlacK).

cmyk

Embora as cores ciano, magenta e amarelo quando misturadas formem o preto não é utilizado por ser inadequado em determinadas situações, pois onde exista a predominância do preto na imagem, e as três cores juntas podem enrugar o papel (por excesso de líquido) atrasando a secagem e aumentando o custo, sendo bem melhor utilizar tinta preta do que utilizar 100% de cada uma das 3 cores.

Sua utilização é empregada em impressos gráficos, sendo então as cores mais importantes na vida de um Designer Gráfico, onde a tinta (pigmento) é aplicada sobre um suporte ou papel. E as combinações ocorrem de 0% a 100% de cada uma delas.

O que é Pantone ou Tabela Pantone?

Na verdade Pantone é uma empresa e não marca de tinta. Fundada em 1962 em New Jersey, Estados Unidos, a Pantone Inc. é famosa pela “Escala de Cores Pantone” (“Pantone Matching System” ou PMS), um sistema de cor utilizado em uma variedade de indústrias especialmente a indústria gráfica, além de ocasionalmente na indústria têxtil, de tintas e plásticos. O sistema Pantone é baseado em uma mistura específica de pigmentos para se criar novas cores que também permite que cores especiais sejam impressas, tais como as cores metálicas e fluorescentes.

Pode-se dizer que o Pantone é um Tabela com mostras de diversas cores com uma numeração específica que serve de referencia para o impressor identificar a cor e “fazer” um cor “pura” a 100%, isto é, uma cor que não é feita por combinação de pigmentos no papel, mas que é aplicada como ela é, e assim alcançando a tonalidade de cor exata e sem variação.

Sendo muito utilizada na impressão gráfica para alcançar a cor exata, seja onde for, principalmente em logotipos onde a cor é muito importante. Porém a utilização do padrão Pantone é bem mais caro que o CMYK.

O que é Grayscale (Escala de Cinza)?

Grayscale (escada de cinza)

Grayscale na imagem digital é uma imagem em que o valor de cada um pixel é uma única amostra, isto é, carrega (e somente) a informação cheia sobre a sua intensidade que são compostas exclusivamente das máscaras do ponto morto cinzento, variando do preto na intensidade mais escura ao branco na mais clara.

Para ganhar a primeira página do Google

Aparecer na principal página do Google entre os dez primeiros colocados e logo abaixo dos anúncios é o desejo de todos, especialmente de quem está ali para vender ou oferecer algum tipo de serviço. A exposição e agilidade na busca também são importantes para o consumidor. Mas para ficar bem na tela é necessário cumprir uma série de regras exigidas pelo buscador líder da Web e cujos algoritmos estão ficando mais rígidos.

Em maio, foram anunciadas atualizações importantes nessas ferramentas de posicionamento de sites, priorizando conteúdos mais relevantes e renegando a manipulação de palavras-chave que tentam enganar não só o Google mas também o internauta.

A verdade é que o robô do buscador está mais inteligente e aperfeiçoado para detectar quem está enganando e manipulando resultados. Os macetes antigos funcionam cada vez menos, alertam os especialistas. O Google usa mais de 200 variáveis em seu algoritmo para posicionar um site, e isso inclui palavras-chave, links que apontam para essa página, a qualidade dos links, arquitetura da informação, entre outros.

Uma das mudanças anunciadas pelo chefe da equipe de qualidade de buscas da empresa, Matt Cutts, foi a atualização da ferramenta Panda (4.0), responsável por classificar os sites com base nos conteúdos. Com a nova versão, o Google quer eliminar do ranking Top 10 sites ou blogs de pouco interesse e de baixa qualidade e privilegiar aqueles com informações úteis, evitando spam, links duplicados e manipulação de resultados.

A primeira versão do Panda foi lançada em 2011, e já naquele ano muitas empresas foram penalizadas e despencaram no ranking, afirma Bruno Nardon, diretor de Marketing da Kanui, e-commerce de artigos esportivos. A Kanui está entre as primeiras posições porque atende às novas exigências e adota práticas de otimização de buscas como o SEO (SearchEngineOptimization).

Queda do ebay

Segundo Raphael Simoni, analista de SEO da Conversion, com 30 clientes no País, o Google está aperfeiçoando a busca orgânica, aquela cujos resultados são relevantes sobre o produto desejado e não só preço ou características. Isso inclui conteúdos editoriais sobre a empresa, mercadoria ou serviço, textos adicionais, algumas informações que enriqueçam a experiência do usuário, como a criação de aplicativos relacionado ao site ou ao artigo vendido, páginas com fotos e descritivos fáceis de serem encontrados, comparações.

Simoni cita o exemplo de uma marca de chuteira que pode agregar conteúdo dizendo que é a mesma usada pelo jogador Neymar ou oferecer outros modelos similares. Mas se a loja usar a palavra “chuteira” no rodapé, nas imagens e no menu do site e de forma abusiva, corre o risco de ser punida, pois o Panda 4.0 pode entender que não se trata de conteúdo natural em benefício do consumidor, mas manipulação da empresa para aparecer em primeiro lugar. Estudos de comportamento de internautas informam que 73% deles preferem clicar num resultado de busca orgânica do que em links patrocinados.

O analista de SEO da Conversion lembra que uma das principais vítimas do Panda 4.0 foi o gigante de e-commerce eBay (em sua versão em inglês), que, historicamente, representava 1% dos Top 10 do Google, ou seja, estava em todas as pesquisas que aparecem nos 10 primeiros lugares. E isso não é pouco. Pois, com o algoritmo novo esse posicionamento foi prejudicado e teve uma queda de 70% nas buscas por palavras-chave que levam ao site do eBay. “O principal motivo para esse desempenho foi o excesso de conexões (ou “linkagens” ) internas de palavras-chave relacionadas aos itens vendidos ali, uma forma encontrada pelo eBay de posicionar milhares dessas palavras mas sem beneficiar o usuário. “O Google considera que houve uma tendência manipulativa com essa tática, uma espécie de spam”, avalia Simoni. Mas esse posicionamento tende a ser temporário, à medida que a empresa conseguir adaptar seu portal às novas estratégias.

Conteúdo relevante

Segundo e-mail da assessoria de imprensa do Google, que não dá entrevistas sobre o assunto, “o Panda 4.0, afeta diversos idiomas e em diferentes graus. E, em inglês, por exemplo, o impacto é de aproximadamente 7,5% das consultas”. A empresa oferece a webmasters e às empresas ajuda e aconselhamento gratuito sobre as melhores práticas no seu site http://www.google.com/webmasters/.

Nardon, da Kanui, observa que investir em SEO, “um canal de marketing digital de custo relativamente baixo, é de extrema importância, principalmente em sites de vendas, pois garante uma ótima visibilidade e um tráfego qualificado”. Além disso, os consultores de SEO são especialistas no assunto e estão mais familiarizados com os algoritmos e robôs de buscadores como o Google, Bing e Yahoo! Mas, os resultados costumam aparecer no longo prazo, com flutuações de ranking semanais.

Uma das razões para o e-commerce Caçula de Pneus estar entre os 10 primeiros colocados no buscador é o uso adequado desses mecanismos de otimização cujos serviços auxiliam o consumidor na hora de trocar a peça do carro.

A loja virtual representa 40% do faturamento da empresa (que tem 30 unidades físicas em São Paulo), e além da venda de pneus foi criado um aplicativo para iPhone com funções para pesquisar preços, calibragem, agenda da troca de óleo, lojas mais próximas e dados de consumo de combustível. “Utilizamos palavras relacionadas ao nosso negócio (pneus, aro, calibragem) e geramos conteúdos relevantes, e é isso que o Google estimula, precisamos ser semânticos e orgânicos nas buscas e respostas”, diz Renato Roschel, diretor de e-commerce da Caçula.

Outra atualização importante foi a da ferramenta PaydayLoan 2.0, com foco específico em sites oferecendo empréstimos/crédito. Segundo Matt Cutts, havia muitas reclamações dos usuários (especialmente na Inglaterra) para buscas com essas duas palavras (o termo paydayloan refere-se a empréstimos ou adiantamento de parte do salário para a quitação de dívidas).

As pesquisas induziam o internauta (que queria fazer um empréstimo) a clicar em URLs duvidosas, trazendo resultados irrelevantes e spam. “Alguns links dessa categoria, mesmo no Brasil, não têm nem telefone, endereço ou material institucional da empresa que está oferecendo o empréstimo”, diz Simoni, da Conversion. As empresas sérias relacionadas a esse assunto precisarão aperfeiçoar seus sites, as outras, com atitudes enganosas, devem ser punidas pelo buscador, afirmam os analistas. Existem diferentes graus de punição, desde aquelas que impedem os sites de aparecerem na primeira página até as mais severas com a desindexação no ranking (eles somem do buscador).

Fonte: http://www.dcomercio.com.br/2014/06/30/para-ganhar-a-primeira-pagina-do-google

Como ter o Android kit kat em seu computador através de um usb tutorial

O KitKat x86 foi lançado hoje oferecendo o sistema Android de forma estável no seu PC. Assim, você pode ter o sistema instalado em dual boot na sua máquina ou ter um Live CD e usar o Android via pendrive sem precisa instalá-lo no seu computador.

Confira o nosso tutorial para ter o Android diretamente de um pendrive em seu PC. Antes de começarmos, você precisará de três coisas:

Primeiro: um pendrive com pelo menos 2GB de espaço. Não importa o tamanho total do pendrive, porém é importante lembrar que ele será formatado durante o processo.

Segundo: o aplicativo Universal USB Installer. Esta será a ferramenta necessária para criar um pendrive bootável com o Android.

Terceiro: a imagem do Android x86 KitKat que você poderá baixar aqui.

Primeiro passo é conectar o pendrive em seu PC, abrir a ferramenta e aceitar os termos de licença.

Segundo passo é selecionar o sistema a ser instalado. Neste caso desça o menu até “Other Distro Alphabetical” e selecione o Android na lista.

 

Terceiro passo é selecionar a imagem ISO do Android x86 KitKat que você baixou.

Em seguida selecione o pendrive onde será instalado o sistema e marque a opção “We will format X:\ Drive as Fat32″.

Você irá receber a imagem abaixo informando que isso apagará todo o conteúdo em seu pendrive. Se você estiver ciente disso, click em Sim. Se quiser cancelar e fazer backup do conteúdo do pendrive, selecione Não.

 

Agora só esperar o conteúdo da ISO ser copiado para o pendrive.

 

Ao terminar basta clicar em Close. Reiniciar sua máquina e dar boot pelo pendrive. Ao iniciar o sistema Android, você terá quatro opções. A primeira serve para rodar o sistema sem precisar instalar em sua máquina, enquanto a quarta opção é para quem quer ter o sistema instalado em seu computador.

 

A primeira opção não salvará nenhuma alteração no sistema. Então toda vez que você logar terá que inserir sua senha do Wi-Fi, conta da Google, etc.

Retirei este artigo, de http://www.tudocelular.com/android/noticias/n40268/tenha-o-android-x86-no-seu-pc.html

 

Montar um Negócio

Seja numa situação de desemprego, seja pela vontade de ganhar autonomia, todo mundo já foi cutucado pelo desejo de se tornar o próprio patrão.

Mas a grande questão é: quantos desistem de colocar o seu sonho em prática?

A maioria dos “aspirantes” a empresários, com certeza, joga a toalha antes mesmo de dar o primeiro passo.

A razão está no medo.

As pessoas têm pavor de apostar seu capital na montagem de um negócio e acabar perdendo investimentos que muitas vezes demoraram anos para serem acumulados.

Dizem que o Brasil tem muitas oportunidades, mas os empreendedores não estão bem preparados para aproveitá-las, e acabam sucumbindo.

Um exemplo é que cerca de 27% das micro e pequenas empresas paulistas fecham as portas no primeiro ano de existência.

Além dos ventos muitas vezes desfavoráveis que afetam a economia brasileira, a razão para o fracasso está na falta de planejamento.

Com os pés no chão, a chance de vencer a insegurança e ser bem-sucedido aumenta muito.

Os que alcançam o sucesso são aqueles que corretamente identificam as oportunidades e tiram bom proveito delas. E que não se intimidam.

“Acima de tudo, é importante ter perseverança, determinação e não se deixar levar pelas circunstâncias agressivas, que muitas vezes ameaçam a construção de um negócio. É fundamental levantar-se rapidamente das quedas”.

SAIBA MAIS Apesar de todos os empecilhos, o número de pessoas que se aventuram em busca de seus ideais é grande no Brasil. Não é à toa que o país está sempre em lugar de destaque quando se fala em empreendedorismo.

O perfil do brasileiro é marcado por ousadia. “O brasileiro se sente mais confortável em lidar com o risco do que outros povos”.

O medo que envolve montar um negócio estará sempre presente. Ele é até saudável, desde que não imobilize.

O livro Como Fazer uma Empresa Dar Certo em um País Incerto, descreve a importância do medo: “(…) O medo de não dar certo é absolutamente essencial, pois serve para que o empreendedor conheça seus limites e calcule o tamanho de seus riscos”.

Se você se inclui no universo de candidatos a empreendedores que têm vontade de montar um negócio, mas estão tomados pelo medo dos riscos e incertezas, juntamos 20 dicas (que podem ser lidas nas próximas páginas desta reportagem), dadas por especialistas em empreendedorismo, para ajudá-lo a criar coragem para ir em frente e construir uma história de sucesso.

Dê seu primeiro passo e boa sorte!

Admiro a espiritualidade (Chico Xavier)

“Você nasceu no lar que precisava nascer, vestiu o corpo físico que merecia, mora onde melhor Deus te proporcionou, de acordo com o teu adiantamento.

Você possui os recursos financeiros coerentes com tuas necessidades… nem mais, nem menos, mas o justo para as tuas lutas terrenas.

Seu ambiente de trabalho é o que você elegeu espontaneamente para a sua realização.

Teus parentes e amigos são as almas que você mesmo atraiu, com tua própria afinidade.

Portanto, teu destino está constantemente sob teu controle.

Você escolhe, recolhe, elege, atrai, busca, expulsa, modifica tudo aquilo que te rodeia a existência.

Teus pensamentos e vontades são a chave de teus atos e atitudes. São as fontes de atração e repulsão na jornada da tua vivência.

Não reclame, nem se faça de vítima.

Antes de tudo, analisa e observa.

A mudança está em tuas mãos.

Reprograma tua meta, busca o bem e você viverá melhor.

Embora ninguém possa voltar atrás e fazer um novo começo, qualquer um pode começar agora e fazer um novo fim.”

(Chico Xavier)

Blogger ou WordPress ? Qual utilizar ?

Esse post está direcionado para quem quer criar um blog, mas não sabe qual utilizar, Blogger ou WordPress?

BlogSpot x WordPress
BlogSpot x WordPress

BLOGGER (BLOGSPOT)

Primeiramente, para quem não sabe o blogspot é a mesma coisa que blogger.

Vantagens:

– Fácil para mexer;
– Vários recursos disponibilizados no próprio ambiente blogger de maneira gratuita;
– Facilmente pode ser modificado o template do blog, através do próprio ambiente blogger;
– Diversos templates gratuitos espalhados pela internet;
– Fácil de achar desenvolvedores de templates exclusivos e com baixo custo.

Desvantagens:

– Maior chance de ficar fora do ar;
– Estatísticas do blogger são bem simples, podendo até mesmo estarem fora da realidade;
– Não é tão profissional quanto o WordPress.

WORDPRESS

Vantagens:

– A versão paga possui ferramentas profissionais;
– Menor chance de ficar fora do ar;
– Estatísticas do próprio WordPress são mais elaboradas que as do blogger;

Desvantagens:

– O WordPress gratuito não possui muitos recursos (já o pago, muito mais que o blogger);
– Desenvolvedores de templates cobram um alto custo e são difíceis de achar;

plataforma

Agora explicando de forma corrida e quem sabe, mais esclarecedora:

Com relação as estatísticas do blogger, isso pode até ser consertado se a pessoa colocar um medidor de estatísticas mais específico. Eu disse que as estatísticas do blogger em si não são tão confiáveis porque, muitas vezes, uma mesma pessoa entra no blog várias vezes ao dia, e o blogger conta como mais uma visita única. Por exemplo, se o próprio blogueiro ficar atualizando o seu blog por mais de 100 vezes, o contador irá contar as 100 vezes que ele atualizou a página como visita. Injusto não?!

Agora, o WordPress… o WordPress pode ser maravilhoso, mas quando é PAGO! Quando ele é pago, tem uma gama de recursos para serem utilizados. Porém, mesmo assim, para achar templates personalizados é bem difícil. Você até encontra grátis alguns, mas são poucos os que agradam. Você pode comprar, mas acredite, você vai precisar de um cartão internacional para isso. A maioria dos templates que você encontra para vender do WordPress, são vendidos em sites estrangeiros. E quando você finalmente achar um desenvolvedor brasileiro, para fazer um template exclusivo, ele te cobrará por este serviço no mínimo uns R$ 600,00. Muito diferente do que a gente compra geralmente por um template personalizado do blogger né? Para blogger nós encontramos por aí, por R$ 50,00 em média. Isso porque a linguagem que rege o wordpress é o PHP e não o HTML como no blogger.

Eu particularmente, escolheria o WordPress por ser mais profissional e por eu ter me encantado pelas estatísticas dele. Dá para ver onde os leitores clicam, que maravilha não? Para quem trabalha com banners e links, é ótimo! Comprei a versão paga um tempinho atrás, só para testar como era e é bem melhor! Bom, uma coisa que eu aviso, você precisa ter cartão internacional. Porque quando você compra o pago, o seu blog .wordpress.com, continuará existindo, o que acontece é que você criará um blog do zero e terá que passar seus posts, comentários, tags, para o outro .COM (pago). E para fazer o redirecionamento automático, do seu antigo para o novo .com, você precisará comprar esse tal redirecionamento. Então, tenha um cartão internacional! Ou se você puder, comece logo pelo .COM (pago).

Uma coisinha que também é bem chata no wordpress é que alguns widgets que encontramos por aí, não funcionam no wordpress, só no blogger.

Widgets para quem não sabe são por exemplo: as caixinhas de link-me, instagram, etc.

Mas, no wordpress pago, a maioria é disponibilizado no próprio ambiente wordpress. Sem precisar procurar muito pela internet.

O painel do wordpress é sim, um pouquinho mais complicado que o blogger. Mas não é um bicho de sete cabeças meninas. É só colocá-lo em português (para quem não entende inglês) e pronto. Além disso, tem vários vídeos no youtube ensinando a mexer no wordpress. É só ter um pouquinho de força de vontade que rapidinho você já se sente em casa.

plataforma3

Conclusão: Se você quer ter um blog profissional, eu recomendo que escolha o wordpress. Tanto que você pode até pesquisar, a maioria das blogueiras famosas, tem o blog delas em qual plataforma? WordPress. Se puder ter o wordpress pago, melhor ainda. Tenha cartão internacional para facilitar sua vida.